Prefeitura libera público com até 50% da capacidade do Maracanã ao Flamengo

0
Torcida do Flamengo na rampa do Maracanã – Foto: Divulgação
A Prefeitura do Rio aceitou o pedido do Flamengo e vai liberar a presença de público nos jogos da equipe a partir do duelo com o Grêmio, no dia 15 de setembro. Serão três jogos, que servirão como eventos-teste, e que permitirão ocupação de 35% a 50% da capacidade do estádio. A decisão consta em nota técnica assinada na última segunda-feira pelo Secretário de Saúde, Daniel Soranz.

Os jogos serão os seguintes:

1 – Flamengo x Grêmio – 15/09 (Copa do Brasil)
Capacidade: 24.783 pessoas (aprox. 35%)

2 – Flamengo x Grêmio – 19/09 (Brasileiro)
Capacidade: 28.324 (aprox. 40%)

3 – Flamengo x Barcelona-EQU – 22/09 (Libertadores)
Capacidade: 35.045 (aprox. 50%)

Os torcedores que forem ao estádio terão de cumprir uma série de protocolos sanitários como distanciamento de 1 metro, apresentação de comprovante de vacinação e teste antígeno ou RT-PCR de Covid-19 negativo, no prazo de até 48h (apenas de laboratórios indicados pelo clube). Os ingressos serão vinculados a cada comprador, que terá de apresentar documento de identidade na hora da retirada, além da utilização da máscara facial.

Será permitida a entrada de recipientes com álcool em gel 70%. Os torcedores receberão pulseiras coloridas, de acordo com os setores em que assistirão às partidas. Além disso, todos os presentes serão monitorados por SMS através do número do CPF pelo prazo de 15 dias, para tentar barrar a disseminação, caso haja registro de infectados.

A liberação ocorreu após o Flamengo enviar, por duas vezes, à Prefeitura um plano de ação para executar os eventos-teste. O documento previa os protocolos sanitários que serão adotados. Após análise da Secretaria Municipal de Saúde, o pedido foi aceito.

*Matéria em atualização

Artigo anteriorFlamengo abre debate interno sobre David Luiz e estuda apresentar proposta nos próximos dias
Próximo artigoAndreas bomba redes sociais com força da torcida do Flamengo e elogia: “Coisa de outro mundo”