Flamengo e Palmeiras correm risco de punição se torcida brigar no Uruguai

0
Crédito foto: Reprodução Internet

Se houver confrontos entre torcedores do Flamengo e do Palmeiras antes, durante ou depois da final da Libertadores , que será em Montevidéu, os clubes correm risco de serem punidos pela Comissão de Disciplina da Conmebol, apesar de a segurança da partida de 27 de novembro ser de responsabilidade da confederação.

Como revelou o jornalista Mauro Cezar Pereira em sua coluna no UOL Esporte, o histórico de rivalidade entre torcidas organizadas dos dois times e mensagens mostram que há o risco de brigas , no trajeto dos ônibus do Rio e de São Paulo até a capital do Uruguai, mas também na cidade e imediações do estádio Centenário.

Segundo o artigo 9 do Código de Disciplina da Conmebol, “as associações membros e os clubes são responsáveis pelo comportamento de seus jogadores, oficiais, membros, público presente, torcedores, assim como qualquer outra pessoa que exerça ou possa exercer algo em seu nome”. Mesmo se a confusão ocorrer no deslocamento entre as torcidas, a quilômetros de Montevidéu, o artigo 9 poderia ser aplicado porque entraria no quesito de que a viagem se encaixa como parte da organização da partida.

A punição é variável e depende da gravidade do ocorrido. Uma multa, por exemplo, vai de US$ 100 a US$ 400 mil e as punições esportivas podem ir desde jogar com portões fechados um número determinado de partidas até a proibição de disputar uma competição futura — normalmente punições por briga de torcedores resultam em portões fechados e multa.

Artigo anteriorAtacante do Atlético de Madrid e da Seleção Portuguesa, João Félix cogita um dia jogar no Flamengo: Quem sabe um dia?
Próximo artigoRepresentante do Palmeiras entra em contato com Pedro, do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui