Enfermeiro do Flamengo conta como faixa na mão de Gabigol virou superstição

0
Chuva de gols de Gabigol na goleada do Flamengo contra o Santos — Foto: Agif

Gabriel carrega no próprio apelido o hábito de marcar gols, mas poucos sabem que o artilheiro do Flamengo tem lá as suas manias para continuar balançando as redes dos adversários. Para o torcedor mais desatento, uma faixa na mão direita do jogador pode passar despercebida, mas o que parece apenas uma questão de proteção já virou superstição do camisa 9, segundo o responsável pela “caracterização” do goleador.

Enfermeiro do Fla desde 2013, Alex Ribeiro soma histórias de vestiário e títulos pelo clube, mas leva como uma conquista pessoal: ser o “escolhido” pelo astro. Tudo começou quando Gabigol machucou o local e precisou da bandagem. O que começou como necessidade virou símbolo de sorte para o atacante, que confia apenas a Alex a tarefa. “Ele começou a usar a faixa no braço após uma lesão e teve que imobilizar o local. Ele gostou de usar e não parou mais. Creio que para ele já tenha virado uma superstição. Ainda mais por que começou a fazer gol sem parar. Não à toa o nome dele é Gabigol”, disse Alex, que completou:

“Ele me pede para colocar por que eu fiz a primeira proteção. Então, ele sempre me chama. Não deixa de ser uma superstição dele também. De alguma maneira, faço parte disso também”.

FONTEFlazoeiro
Artigo anteriorFlamengo já se vê prejudicado com jogo da Seleção adiado
Próximo artigoCom derrota do Fortaleza, chances matemáticas de título do Flamengo aumentam

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui