Atlético-MG entra com pedido na Conmebol para anular gol do Palmeiras que resultou na sua eliminação para a final da Libertadores

0
Crédito foto: Reprodução

Na última quarta-feira (29), o Atlético-MG entrou com um ofício junto a Conmebol solicitando a anulação do gol de empate do Palmeiras, que resultou na eliminação do clube mineiro na Libertadores. A informação foi divulgada inicialmente pela Rádio Itatiaia.

Na documentação enviada o Atlético anexou imagens que mostram a invasão do atacante Deyverson, que estava no banco, antes de Dudu empurrar a bola para as redes. O Galo citou a súmula da partida, onde o árbitro Wilmar Roldan aplica o cartão amarelo para o jogador do Palmeiras por invasão ao campo, porém a punição a Deyverson foi dada após o atacante comemorar fazendo gestos para a torcida atleticana.

Inicialmente, o Atlético solicita a instauração de Procedimento Disciplinar contra o Palmeiras, na forma do artigo 62, item 1, alínea “b”, do Código Disciplinar 2021 e a aplicação de sanção ao clube paulista, na forma do artigo 7, item 3, alínea T do mesmo regramento, para (i) anular o gol marcado por Dudu e determinar o resultado da partida em 1 x 0 para o Atlético.

Caso contrário, o Galo pede que seja determinada a repetição da partida, na forma do artigo 7, item 3, alínea “k”, do Código Disciplinar.

Na própria quarta-feira (29), a Conmebol divulgou os áudios do VAR durante a partida. E após a revisão o lance foi considerado legal para os árbitros que estavam na cabine, nos áudios divulgados é notório que o VAR analisa com  maior ênfase o lance envolvendo Gabriel Verón e  Nathan Silva, no início da jogada do gol de Dudu.

Artigo anteriorArrascaeta é convocado pela Seleção do Uruguai mais uma vez e desfalca o Flamengo
Próximo artigoFlamengo pode ser multado por ter escalado Andreas Pereira sem o jogador ter cumprido o prazo de quarentena

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui