Início Notícias "Medo de não jogar mais futebol…"; Dr. Tannure toma susto e vive...

"Medo de não jogar mais futebol…"; Dr. Tannure toma susto e vive drama com titular do Flamengo

Peça-chave no esquema tático do Rubro-Negro nos últimos anos faz confidência emocionante aos colegas de elenco

O Flamengo terá em poucos dias a oportunidade de fazer história novamente. O Rubro-Negro vai disputar o terceiro Mundial de Clubes de sua história e sonha com uma vitória emblemática diante do Real Madrid. Gabigol, Arrascaeta e companhia tentam alcançar um patamar apenas visto pela geração de Zico, o que valoriza ainda a trajetória deste grupo. Apesar da ótima fase do time dentro de cada, um ídolo da atual geração passou por dificuldades recentemente.

 



Se trata do lateral-esquerdo Filipe Luís, que ficou longe dos gramados por três meses desde a lesão na final da Libertadores de 2022. Antes da entrada de Ayrton Lucas, que foi importante na decisão contra o Athletico-PR, Filipe sentiu dores no músculo posterior da coxa direita. Agora, reintegrado ao elenco, o ídolo do Mengão revelou que viveu um drama enquanto esteve de fora da equipe. Segundo ele, o rumo da carreira chegou a ser colocado em xeque.

“Queria agradecer primeiramente ao departamento médico e aos fisioterapeutas que ficaram comigo nessas férias trabalhando. Cheguei a duvidar nesse tempo se eu um dia ia voltar a jogar futebol. Eu realmente tive medo, e esses caras ficaram comigo aqui todo momento. Momentos difíceis. Quero agradecer a todos vocês. Depois dizer que a alegria que eu senti no campo é de um time que eu falei para a comissão. Ninguém é maior do que a equipe, nenhum jogador é maior do que a equipe. Eu sinto isso nesse time”, confessou Filipe Luís à FLA TV.

Agif/Ettore Chiereguini – Filipe Luís temeu parar de jogar futebol

Filipe Luís voltou a defender o Flamengo em uma partida oficial apenas no último sábado (21), na goleada de 5 a 0 contra o Nova Iguaçu. O lateral-esquerdo jogou os 90 minutos do confronto e deixou o campo exausto. Em relato à Band, que transmite o Campeonato Carioca na TV aberta, Filipe comemorou a vitória do Rubro-Negro, mas também o fim da batalha pessoal contra a lesão.

“Muito feliz, mas muito cansado. Quase três meses desde a Libertadores, uma lesão raríssima. Pouco a pouco vou pegando a forma. A nossa equipe começou forte a pré-temporada, não consegui fazer os primeiros treinos. Aos poucos, vou pegando o ritmo deles”, falou o lateral-esquerdo do Flamengo.



Fonte: Bolavip