Início Notícias Mesmo com dobletes de Pedro e Gabigol, VP abre o jogo sobre...

Mesmo com dobletes de Pedro e Gabigol, VP abre o jogo sobre tática do Flamengo e dispara: "Há momentos em que…"

Rubro-Negro derrotou o Nova Iguaçu por 5 a 0 e chegou aos 10 pontos na tabela de classificação do Cariocão

O Flamengo vai passando por um começo de temporada diferente do habitual. Mesmo tendo vencido a Libertadores e a Copa do Brasil em 2022, a diretoria do Rubro-Negro optou por trocar o comando técnico da equipe, optando pela saída de Dorival Júnior e apostando na contratação de Vítor Pereira, ex-técnico do Corinthians e que causou dificuldades ao Mengão na decisão da Copa do Brasil no ano passado. 



Entretanto, vale destacar que, diferentemente de outros anos, quando a equipe da Gávea não tinha muitas competições importantes nesse começo de ano, o português já terá três decisões pela frente: Supercopa do Brasil, Mundial Interclubes e Recopa Sul-Americana. Obviamente, o foco principal é o Mundial, mas o torcedor do Mais Querido quer começar o ano empilhando todas as taças possíveis.

Dito isso, Vítor Pereira está precisando encontrar aos poucos a melhor forma de atuar. Quer dizer, não apenas de atuar, mas também de encaixar os seus jogadores. Afinal, o próprio VP chegou a criticar o esquema de losango nos tempos de Corinthians. Agora, ainda sem muita amostragem da sua equipe titular e com adversários de um nível inferior, a real condição do Rubro-Negro ainda gera dúvida. Até por isso, ele tratou de falar na coletiva qual o seu objetivo com o time: 

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF - Vítor fazendo anotações durante a partida.
Foto: Thiago Ribeiro/AGIF – Vítor fazendo anotações durante a partida.

“Em termos ofensivos, essa equipe, se bem estimulada, eles têm capacidade para criar problemas para qualquer equipe. O meu desafio é fazer essa equipe defender bem em todos os momentos, quando perdermos a bola. Esse balanço defensivo exige uma agressividade quando perdemos a bola, ter gente na zona da bola para pressionar. Isso tem que ser algo automático para eles”, revelou na coletiva após a vitória por 5 a 0 sobre o Nova Iguaçu. 



Já no que diz respeito à defesa, ele declarou o seguinte: Há equipes que vão nos impor dificuldades, precisamos saber defender. Há momentos em que vamos pressionar alto, há momentos em que precisamos perceber quando ir para um bloco médio ou para um bloco baixo. É algo que precisamos evoluir, finalizou. Posto isso, o último compromisso do Fla antes da Supercopa do Brasil será contra o Bangu, na próxima terça-feira (24). 

Fonte: Bolavip