Início Notícias CBF pode acionar justiça para conseguir acessos a redes sociais da Copa...

CBF pode acionar justiça para conseguir acessos a redes sociais da Copa do Brasil

CBF
Sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na Barra da Tijuca. Foto: Lucas Figueiredo/CBF


A CBF se envolveu em polêmica nesta terça-feira. Isso porque, a entidade pretende acionar a justiça para conseguir acessos a redes sociais da Copa do Brasil. A Klefer, que era parceira da CBF até o ano passado, segue com o controle das redes mesmo com o contrato terminado entre as partes. A informação é do ‘Goal’.

Vale destacar que a CBF assinou com a Braz Sports Assets pelos próximos três anos. A Klefer, no entanto, alterou o nome dos perfis, o que irritou a CBF e fez com que a Entidade notificasse a empresa de forma extrajudicial. Confira partes do que a entidade colocou no documento de notificação:

“A lamentável tentativa da KLEFER, mediante a manobra obscura de mudança do nome do perfil, postura que repelimos com veemência, esquece o princípio elementar que rege a organização desportiva, corroborado pela Lei Pelé, no que se refere à proteção dos símbolos esportivos, ignora a concessão de registros marcários perante a autoridade brasileira competente, o INPI, demonstra evidente má fé e desvirtua o espírito das plataformas digitais sendo rechaçada até mesmo pela mídia esportiva, conforme matéria publicada na presente data. Ante o exposto, a CBF vem NOTIFICÁ-LOS para que efetuem, no prazo de 24h contadas da presente notificação, a devolução dos logins, das senhas de acesso e links de todas as plataformas digitais e redes sociais conduzidas pela KLEFER relativos à Copa do Brasil, sob pena de adoção das medidas legais cabíveis, sem prejuízo da cobrança dos danos causados à CBF”, publicou.

Fonte: Diário do Fla