Início Notícias “Contrato de 3 anos, salário de R$ 1,5 milhão”; Di María vê...

“Contrato de 3 anos, salário de R$ 1,5 milhão”; Di María vê parça ser colocado para jogar no Flamengo em 2023

Mengão deve formar um elenco ainda mais qualificado para 2023

O Flamengo faz os últimos dias de treinamentos antes da estreia do Campeonato Carioca. O elenco de Vítor Pereira enfrenta o Audax Rio, nesta quinta-feira (12), às 21h30.  Como já estava previsto desde o início, a garotada é que jogará neste primeiro jogo e os profissionais devem ir a campo só na segunda partida do estadual.

Enquanto isso, o vice-presidente de futebol flamenguista, Marcos Braz, e o diretor de futebol do CRF, Bruno Spindel, estão na Argentina para resolver a questão com Agustín Rossi. A ideia é convencer o Boca Juniors a aceitar o negócio de forma antecipada e, para isso acontecer, os rubro-negros estão dispostos a pagar alguma quantia.

 



Outro que pode pintar é Juan Fernando Quintero, meio-campista que acabou de sair do River Plate e está livre no mercado. Ele já deu declarações recentes indicando que gostaria de defender o Flamengo e as conversas entre as partes estão em andamento. Há outros interessados no colombiano e propostas estão na mesa.

Foto: Matthias Hangst/Getty Images - Pastore
Foto: Matthias Hangst/Getty Images – Pastore

 

O Mengão virou tamanha potência, que vários empresários e pessoas influentes no meio do futebol, procuram o Clube para oferecer jogadores. Uma dessas chegou o nome de Javier Pastore, ex-PSG e que estava no Elche, da Espanha. O jogador está com 33 anos, mas convive com algumas lesões durante os últimos anos.



 

O atleta quer fazer o último bom contrato da sua carreira. O objetivo do parça de Di María é assinar por 3 anos com uma nova equipe, além de salários de aproximadamente R$ 1,5 milhão, isso já contando com luvas e bonificações. Por mais que atue na posição de meio de campo, o Flamengo não se animou e, por isso, não realizou nenhuma proposta após o argentino ser oferecido.

Fonte: Bolavip