Início Notícias Arrascaeta busca cidadania Brasileira enquanto Flamengo busca mais estrangeiros para o elenco

Arrascaeta busca cidadania Brasileira enquanto Flamengo busca mais estrangeiros para o elenco

Arrascaeta

O Flamengo é disparado o melhor time da América do Sul. O sucesso rubro-negro no continente não vem só dos brasileiros no elenco, mas também dos estrangeiros, que no elenco atual são todos Sulamericanos. Nesse sentido, a sexta-feria marca a ida de Marcos Braz e Bruno Spindel para fechar a contratação de mais um reforço estrangeiro. Trata-se do goleiro Argentino Augustín Rossi junto ao Boca Júniors.

Em caso de sucesso com Rossi, o rubro-negro chegaria no limite de estrangeiros para a disputa de competições nacionais: cinco. O Argentino se juntaria aos uruguaios Arrascaeta e Varela e aos chilenos Pulgar e Varela. No entanto, uma vaga pode ser aberta. Isso porque Arrascaeta tenta a obtenção da cidadania Brasileira.

Arrascaeta atende aos pré-requisitos solicitados pelo artigo 65 da Lei de Migração, Nº 13.445, de 24 de maio de 2017. O Uruguaio mora no Brasil desde janeiro de 2015, quando trocou o Defensor, do Uruguai, pelo Cruzeiro. Foram quatro anos em Belo Horizonte e outros quatro no Rio de Janeiro.

Vale lembrar, que pela regra de competições da CBF, um time só pode escalar para uma partida oficial, cinco entrangeiros, somando titulares e reservas. Não há um limite para o elenco, mas sim para os relacionados.

Fonte: Diário do Fla