Início Notícias "Chegar junto com o Gerson"; Empresário de gringo cobiçado na Europa diz...

"Chegar junto com o Gerson"; Empresário de gringo cobiçado na Europa diz 'sim' sobre jogar no Flamengo

Além do Coringa, o Mais Querido pode acabar negociando mais uma chegada na Gávea para 2023

O Flamengo há muitos anos vem sendo considerado um dos melhores times do continente sul-americano, tanto que venceu 2 vezes a Libertadores da América recentemente e está indo ao Mundial de Clubes mais uma vez. Essa notoriedade faz com que muitos jogadores de alto nível passem a desejar vestir as cores rubro-negras.

 



 

Juntamente com isso, incluindo que a própria diretoria segue atrás de novidades para Vítor Pereira, quando o interesse é mútuo, as chances de uma negociação dar certo é bem grande, ou seja, o elenco atual, que já é forte, pode receber mais opções. A nova comissão técnica já vai se alinhando com os cartolas flamenguistas para anunciar novidades em breve, especialmente em alguns setores.

 

 

No caso do meio-campo, por exemplo, 2 atualizações estão “rolando”: a primeira se trata de Gerson, que está com relações complicadas na França e quer retornar ao Mais Querido, tanto que seu pai, que é seu empresário, tenta incessantemente conversas com os europeus para que consiga uma liberação, ainda mais que os cariocas também querem o Coringa de volta.

 

Foto: Fotobairesarg/AGIF - Alcaraz é tratado como uma joia na Argentina.
Foto: Fotobairesarg/AGIF – Alcaraz é tratado como uma joia na Argentina.

 

Além disso, outro que pode vir de fora do Brasil e chegar junto com Gerson é Carlos Alcaraz, de apenas 23 anos, do Racing, da Argentina, que é cobiçado na Europa: é importante destacar que o gringo é bem avaliado internamente, mas não há negociações, ao menos por enquanto, conforme informou o próprio empresário do meio-campista.

 



 

No entanto, em contato direto com o portal Coluna do Fla, o representante do camisa 26 dos hermanos disse que “seria maravilhoso para o jogador vestir a camisa do Flamengo. Resta claro que, para tudo avançar, é necessário que exista um contato dos brasileiros e argentinos, algo que ainda não ocorreu.

Fonte: Bolavip