Início Notícias Fifa diz que chef do bife de ouro invadiu festa e abre...

Fifa diz que chef do bife de ouro invadiu festa e abre investigação

A Fifa decidiu abrir uma investigação sobre a presença do chef de cozinha Salt Bae — dono da famosa churrascaria Nusr-Et, responsável pelo polêmico bife com folha de ouro — no gramado do Lusail Iconic durante a festa argentina pela conquista da Copa do Mundo. A informação é do jornal inglês Sky Sports.

A presença “invasiva” do chef incomodou boa parte dos atletas, que foram “perseguidos” pelo turco para tirar uma foto com o troféu.

O empresário, mais conhecido como Salt Bae, tirou fotos com jogadores e até segurou a taça da Copa, mesmo sem ser uma autoridade pública ou um dos jogadores campeões. Ele fez cinco publicações exaltando a conquista da Argentina, apesar de ser turco, e sempre aparece “dando moral” para os jogadores e artistas famosos de diversas nacionalidades.

O empresário também “correu” para conseguir uma foto com Messi. Um vídeo que mostra Salt Bae “correndo atrás” de Messi repercutiu por causa da reação do jogador, que parecia se recusar a atender o pedido do turco.

Nursret ainda fez vídeos com Dí Maria e Christian Romero. Esse último acabou entregando a taça na mão do empresário em um ‘descuido’. Salt Bae aproveitou o momento para garantir um registro sozinho com a Copa.

Quem é Salt Bae?

Conhecido como Salt Bae, o turco Nusret Gökçe se popularizou com vídeos fazendo e entregando bifes para seus clientes em 2017. Desde então, ele protagonizou encontros com famosos das mais diversas áreas e acumula, hoje, quase 50 milhões de seguidores no Instagram.

O jeito que Salt Bae finaliza a carne, com uma vestimenta específica, destacada pelos óculos de sol e o gesto com as mãos, tornou dele uma celebridade. Sua churrascaria no Catar atraiu clientes famosos, incluindo jogadores de futebol. Alguns integrantes da seleção brasileira e de outras seleções visitaram o local durante a Copa.

Fonte: UOL