Início Notícias "Deixou muitos torcedores de boca aberta"; Empresário de Claudinho não fica em...

"Deixou muitos torcedores de boca aberta"; Empresário de Claudinho não fica em silêncio sobre assinar no Flamengo

Depois de muitos rumores colocarem o atacante na Gávea, os representantes foram 100% sinceros com Jorge Nicola

Durante esse período “parado” no futebol brasileiro durante a Copa do Mundo, a diretoria do Flamengo segue trabalhando nos bastidores em busca de novidades para o elenco. Resta claro que a notícia com mais repercussão até aqui é sobre a chegada de Vítor Pereira, algo que ainda não ocorreu de forma oficial, mas está bem encaminhada, conforme disse o próprio presidente Rodolfo Landim.

 



 

Dessa forma, após perder Diego Ribas e Diego Alves, os dirigentes flamenguistas sabem da necessidade de trazer reforços, até mesmo para outras posições, visando seguir em alta para conquistar ainda mais títulos em 2023. Nessa linha, uma série de nomes “grandes” passam a ser falados, ainda mais que o Rubro-Negro conta com um poder financeiro diferenciado.

 

 

Nessa linha, quem foi especulado recentemente foi Claudinho, do Zenit. Para saber mais detalhes sobre a possibilidade do atacante pintar na Gávea, Jorge Nicola conversou com pessoas que gerenciam a carreira de do brasileiro, trazendo uma resposta que, sem dúvidas, deixou muita gente de boca aberta: a princípio, os russos, que detém os direitos econômicos, não tem nenhuma intenção de negociar o ex-atleta do Red Bull Bragantino.

 

Foto: Heber Gomes/AGIF - Claudinho não deve sair do Zenit.
Foto: Heber Gomes/AGIF – Claudinho não deve sair do Zenit.

 

“Procurei um dos representantes do Claudinho para entender as condições, pois ele acabou de renovar o contrato até 2027. O Zenit, inclusive, trabalha para o jogador ter o passaporte russo. A informação que eu obtive dessa resposta é a seguinte: ‘não tem nada e o Flamengo não terá dinheiro para tirar o Claudinho do Zenit. O clube não quer vender o jogador e quando um clube rico não quer, não há acordo , disse Nicola.

 



 

Vale lembrar que há pouco tempo o próprio jogador admitiu que recebeu ofertas de equipes do Brasil e exterior, mas preferiu não dar detalhes: Houve propostas de campeonatos europeus e do Brasil. Não vou citar os clubes, não é muito correto. Mas eu estava inicialmente determinado a trabalhar o contrato com o Zenit até o fim e, portanto, quando o clube ofereceu a Malcom e Wendel para estender nossos acordos, tomamos essa decisão rapidamente, porque nos sentimos bem aqui e queremos muito ajudar o Zenit”, disse Claudinho ao portal Championatt.

Fonte: Bolavip