Início Notícias “R$ 600 mil”; Grêmio deixa Diego Alves de ‘standby’ e tenta botar...

“R$ 600 mil”; Grêmio deixa Diego Alves de ‘standby’ e tenta botar água no chope do Flamengo para fisgar craque badalado

O técnico Renato Gaúcho aprovou a chegada em Porto Alegre e já sabe quanto o Imortal teria que pagar de salários

A iminente chegada de Vítor Pereira vai forçar quem uma avaliação seja feita no elenco do Flamengo. Diego Alves, Diego Ribas e Rodinei já deram o adeus oficial. Outros nomes estão na fila: Matheuzinho, Marinho e, caso uma boa proposta chegue, João Gomes. Este último é importante ao plantel, mas não é considerado inegociável. 

Por outro lado, o Fla vem avançando em alguns negócios que espera anunciar em janeiro, quando a janela de transferências vai abrir – no dia 11 – e ficar disponível para negociações até o dia 4 de abril. O Grêmio meteu o louco para atravessar reforço dado como certo na Gávea, inclusive procurando casa para morar no Rio de Janeiro. 



 

A bola da vez no time comandado pelo técnico Renato Gaúcho é o goleiro Agustín Rossi. Acontece que o Tricolor se assustou com os valores do arqueiro do Boca Juniors, que pretende ganhar no futebol brasileiro cerca de R$ 600 mil/mês. Inicialmente, os jornalistas Talis Andrey e Diego Torbes trouxeram a informação atualizada. 

Foto: Marcelo Endelli/Getty Images – Agustín Rossi

 

 

O Mengão não descarta envolver dinheiro para conseguir a chegada do defensor em janeiro, quando ele já vai estar livre para assinar pré-contrato. A diretoria do Boca sabe que o desejo do camisa 1 é deixar a Argentina no ano que vem e não deve dificultar a saída quando vê que esta pode acontecer de graça. 



Fonte: Bolavip