Início Notícias "Receita bruta de R$ 1,2 bilhão"; Flamengo almeja próximos objetivos após se...

"Receita bruta de R$ 1,2 bilhão"; Flamengo almeja próximos objetivos após se solidificar financeiramente


O Flamengo alcançará uma grande marca simbólica, o de não atrasar salário em uma década

O ano de 2022 não poderia ter sido melhor para o Flamengo. Sob o comando do técnico Dorival Júnior, o Mengão conquistou a Copa do Brasil e a Libertadores, dois grandes títulos em competições mata-mata. 

Além das conquistas no campo, os torcedores têm muito o que comemorar fora dele também. O Flamengo alcançará uma grande marca simbólica, o de não atrasar salário em uma década. Em 2014, o Clube viveu tempos ruins financeiramente e atrasou o pagamento em alguns dias em uma ocasião por causa de uma verba retida pelo Banco Central. 

O Flamengo vai terminar o ano de 2022 com receita bruta de R$ 1,2 bilhão, R$ 200 milhões acima da previsão de R$ 1 bilhão. Já para 2023, a previsão é novamente de R$ 1 bilhão, o que faz o Clube começar a pensar “grande”. 

 

Em entrevista para o Globo Esporte, o vice-presidente de Finanças do Flamengo falou sobre os próximos passos do Flamengo para aumentar ainda mais o valor de seu marca: “Quando este grupo chegou ao clube, em 2012, nenhum banco nos emprestava dinheiro, e hoje o Flamengo é dono de um banco, é quem empresta o dinheiro. O tamanho do clube nos dá oportunidades que vão muito além do futebol”. 



E completou: “Temos um projeto grande de marketing com o BRB para aumentarmos os benefícios e tornar ainda mais atrativo. As empresas do ramo estão passando por um momento de ajustes, mas temos uma diferença para os demais bancos, porque a fidelização de nossa torcida é muito maior do que a de uma empresa comum.” 



“O presidente Landim pediu que o Financeiro e Planejamento se concentrem na eficiência das despesas em 2023. O clube precisa que sobre cada vez mais recursos para investimento. Não podemos nos acomodar, ainda mais agora com dinheiro novo entrando com as SAFs. Nosso resultado esportivo e financeiro é ótimo, mas dependemos do próprio clube. Nosso modelo não contempla “pai rico” ou mecenas, somos autossuficientes. Então, ser eficiente e fundamental”, finalizou. 

 

Fonte: Bolavip