Início Notícias Na despedida dos Diegos, Flamengo perde para o Avaí

Na despedida dos Diegos, Flamengo perde para o Avaí

Na despedida dos Diegos, Flamengo perde para o Avaí
Foto: Marcelo Cortes/CRF

O Flamengo enfrentou o Avaí neste sábado (12/11), no Maracanã, pela rodada 38 do Campeonato Brasileiro. A partida foi marcada pelas despedidas emocionantes de Diego Alves e Ribas. O jogo, que ficou em segundo plano, acabou com uma derrota rubro-negra por 2 a 1.

Para a partida, o Flamengo teve um time misto. Da equipe titular, Rodinei, David Luiz, Léo Pereira, João Gomes e Gabigol iniciaram. O Mais Querido estava controlando a partida e chegou a marcar com o camisa 9, mas o lance foi anulado por um impedimento milimétrico.

Na despedida, Diego Alves teve uma baita atuação, com grandes defesas, relembrando os melhores momentos dele no Flamengo. Já Diego Ribas fez a clássica bicicleta na defesa, que levou os torcedores ao delírio.

Então, aos 42, o Flamengo saiu na frente com um gol, no mínimo, inusitado. Após lançamento para Cebolinha dentro da área na direita, que jogou para o meio. A bola foi em cima do zagueiro Wellington, do Avaí, com espaço. Entretanto, o jogador mandou contra o próprio gol.

Parecia que o primeiro tempo iria terminar com o Flamengo na frente. Mas, aos 50, o Avaí empatou. Após cruzamento da direita para esquerda, Marcinho cabeceou sem chances para Diego Alves e marcou.

Na segunda etapa, as emoções tomaram conta. Aos 12, Diego Ribas se despediu não só do Flamengo, como dos gramados. Emocionado, o meia beijou o campo e entrou a camisa 10 ao Gabigol. Já aos 20 foi a vez de Diego Alves sair de campo, chorando abraçado pelos companheiros. No lugar deles, entraram Thiago Maia e Hugo Souza. O jovem André também entrou no intervalo, na vaga de Marinho.

Mas, então, aos 34, uma água no chopp da festa. O Avaí passou a frente, com gol de Lipe. O Flamengo ainda tentou. Dorival botou Kayke David e Matheuzinho nos lugares de Vidal e João Gomes, mas não evitou e o Mais Querido acabou derrotado por 2 a 1 na despedida da temporada, que teve as conquistas da Libertadores e Copa do Brasil.


Fonte: Diário do Fla