Início Notícias ‘Muito feliz por participar dessa era e agradecer ao Flamengo por te...

‘Muito feliz por participar dessa era e agradecer ao Flamengo por te me proporcionado isso’, diz Diego Alves

Diego-Alves-Flamengo
(Foto: Reprodução / FLA TV)

Neste sábado, o Flamengo foi derrotado pelo Avaí por 2 a 1, no Maracanã, na 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. No último jogo do ano, o Mais Querido encerrou sua participação na competição com um resultado negativo.

O jogo marcou a despedida dos Diegos, Alves e Ribas tem os seus contratos com o Mais Querido se encerrando no fim da temporada. Os ídolos não terão os vínculos renovados, e receberam uma linda homenagem da Nação.

Após a partida, Diego Alves falou com a imprensa em entrevista coletiva. O goleiro rubro-negro falou sobre os momentos finais da passagem no Flamengo e agradeceu bastante pelas conquistas no clube.

“Já vem de alguns dias, com esse clima de término e com tudo que representa a despedida. Quando falamos em despedida se pensa logo em algo triste que vai acontecer, mas é o fim de um ciclo vitorioso. Fico muito feliz de participar de uma era, afinal são cinco anos e meio. Quero agradecer ao Flamengo por proporcionar esses momentos que poucos jogadores tem e merecem, agradeço pelo carinho que venho recebendo nesses dias. Ali no vestiário se arrumando, passa um filme na cabeça, e vemos que foi um dia muito especial. Só tenho que agradecer desde o presidente a todos da rouparia, cozinha. É um ciclo que se encerra de muitas conquistas, trabalhei muito para sempre ajudar. Fica esse legado para os jogadores”, disse Diego Alves.

O agora ex-goleiro do Mengão falou de diversos assuntos, demonstrando todo o carinho pelo Mais Querido:

Dia mais especial com o Manto Sagrado:

“O dia de hoje é um dia que vou guardar com muito carinho, porque foi um agradecimento por todos os dias trabalhados e a construção que fizemos nessa passagem. Hoje foi um dos dias mais especiais da minha vida”

 

Decisão do que fará da sua carreira a partir da saída do Flamengo:

“O momento agora é desfrutar com a minha família, foi um ano bem puxado em termos de viagem e quero descansar. Ainda não decidi o meu futuro, quero tomar essa decisão com calma. Acredito que para o final de janeiro e começo de fevereiro eu tome uma decisão. O momento é de relaxar, porque foram temporadas muito intensas, sempre pensando em uma temporada após a outra. Fico feliz e desejo muita sorte para o Diego Ribas, nesse novo ciclo da vida dele”.

Estruturação do Flamengo nos últimos anos:

“Cheguei no meio de 2017, no fim da temporada tive uma lesão e fiquei fora da final da Sul-Americana. Estávamos começando uma construção, e claro que às vezes ficamos impacientes e tristes com as derrotas, mas para ser vencedores precisamos perder. Em 2018, já víamos um pouco que iria começar um divisor de águas no clube para o futuro, batemos na trave nesse ano também. O Dorival disse que o Flamengo estava preparado para ganhar títulos, em 2019 chegaram mais reforços de muito peso que nos ajudaram muito. Isso tudo faz com que a história do clube tenha sido muito trabalhada. Tenho que citar o Marcos Braz que foi muito importante, o Abel Braga também foi muito importante e demonstraram que acreditavam no meu trabalho. Com a chegada do Jorge Jesus vimos o clube poderia dar passos enormes. Quem vê o Flamengo hoje consolidado, precisa pegar toda a construção e a história por trás de tudo isso”.

Consolidação do Flamengo no cenário do futebol mundial:

“O que está acontecendo hoje com o Flamengo não preciso falar, jogadores querem voltar da Europa e vestir essa camisa. O que aconteceu hoje é algo importante, é difícil ver uma homenagem tão simbólica como hoje. O Flamengo é um clube muito grande, a repercussão do clube a nivel mundial é muito grande. Tenho muitas mensagens de diversos países, muitos perguntam como é o Flamengo, como é jogar no Maracanã lotado. É uma coisa que só vivendo, você consegue explicar. Os jogadores que forem vir para o Flamengo vão encontrar um clube estruturado, com atletas com a vontade de continuar vencendo sempre, que é isso que move o clube e a torcida. Não tenho dúvidas que o Flamengo vai permanecer uma potência nos próximos anos”.

Reviravolta da temporada 2022:

“Passamos seis meses muito complicados, difíceis mesmo. E se não se tem um grupo que quer trabalhar e tem a sede de vitoria, dificilmente reverteria a situação como revertemos. Conquistando Libertadores e Copa do Brasil, encerrando muito bem a temporada. Levo do Flamengo todo o carinho da torcida, sempre que estou na rua recebo muito carinho, agradecimentos e vejo que valeu muito a pena deixar a Europa para vestir o Manto Sagrado”


Fonte: Diário do Fla