Início Notícias Vampeta 'queima' Gabigol e Casagrande discorda de ausência na Copa do Mundo:...

Vampeta 'queima' Gabigol e Casagrande discorda de ausência na Copa do Mundo: "Criariam tumulto lá…"

Camisa 9 do Mengão divide opiniões entre comentaristas que já vestiram o Manto Sagrado

O Flamengo será muito bem representado na Copa do Mundo de 2022, no Qatar. O Mais Querido terá dois jogadores do Clube na Seleção no Mundial do Qatar, algo que não acontecia há 24 anos. Na última vez que o Mengão teve mais de um atleta na Amarelinha para um torneio da FIFA, foi em 1998, com Junior Baiano e Zé Roberto. Porém, a Nação sentiu a ausência de um nome na lista de Tite.

 



Após decidir mais uma Libertadores para o Flamengo, a imensa torcida do time carioca esperou ver Gabigol entre os convocados da Seleção Brasileira. Quem aprovou o corte do atacante na liste de Tite foi o ex-jogador Vampeta, no programa Bate Pronto. Além de defender que Gabriel Barbosa iria tumultuar o ambiente, o corinthiano já havia afirmado que não vai apoiar o Brasil no Qatar.

“Os brasileiros vão pra Copa do Catar. Qual a maior torcida do Brasil? Flamengo. Flamenguista tem no mundo todo, que nem corintiano. Com o Gabigol convocado, sabe o que iria acontecer com a torcida que vai lá acompanhar? Só iriam gritar o nome do Gabigol e do Neymar. Ninguém iria gritar o nome do Martinelli… iriam começar a fazer fumaça para o Tite colocar o Gabigol pra jogar. Iriam encher o saco. Ninguém iria falar do Raphinha ou do Antony. Criariam esse tumulto lá”, argumenta Vampeta.

Agif/Fernando Moreno – Gabigol poderia ter ido à primeira Copa do Mundo na carreira

O outro corinthiano Walter Casagrande já pensa diferente e levaria Gabriel Barbosa ao Mundial. No UOL News Esporte o comentarista lembrou das decisões em que o artilheiro do Flamengo apareceu, o que segundo ele, poderia ajudar o Brasil em um momento importante. Casagrande chegou a falar que o camisa 9 do Mnegão poderia entrar no lugar de Gabriel Martinelli.

“Não discordo que tem um monte de atacante, mas por exemplo, o Martinelli, é o quinto ponta. No lugar do Martinelli, eu colocaria o Gabriel. O Gabriel é um cara que decide jogo. E não foi hoje ou semana passada que ele decidiu, ele decidiu a Libertadores de 19. Ele decidiu Copa do Brasil quando estava no Santos. Ele foi artilheiro da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Eu acho que qualquer treinador do mundo, de qualquer seleção, tendo 26 para convocar, não deixaria de fora um atacante que decide jogos e que te dá títulos”, comenta Casagrande.



Quem irá ao mata-mata? E quem levantará a taça? Dê seus palpites com este simulador da Copa do Mundo do Qatar 2022.

Fonte: Bolavip