Início Notícias "R$ 116 milhões/ano"; Flamengo pode 'passar por cima' do Internacional e contratar...

"R$ 116 milhões/ano"; Flamengo pode 'passar por cima' do Internacional e contratar xodó de José Mourinho

Já de olho no Mundial de Clubes, a diretoria deve dar ênfase na busca por reforços que podem agregar qualidade ao Mais Querido

O Flamengo entrou em campo no último final de semana e não conseguiu novamente um bom resultado jogando com seus titulares: depois de ter perdido por 2 a 1 para o Corinthians, a equipe comandada por Dorival Júnior foi até o Couto Pereira enfrentar o Coritiba, mas acabou surpreendida e perdeu por 1 a 0, com gol de pênalti marcado por Alef Manga.

 



 

Resta claro que o foco carioca não está em 2022, ainda mais em decorrência dos 2 títulos conquistados e a cabeça voltada ao Mundial de Clubes, mas a atuação de alguns jogadores acabou revoltando os torcedores. Fora isso, a diretoria sabe da importância de aproveitar o máximo possível esse tempo para analisar contratações que podem ser feitas.

 

 

Não é surpresa para os flamenguistas que a busca por um substituto de Diego Ribas é uma das prioridades, já que o veterano não deve seguir na Gávea no final do ano. Dessa forma, desejando um novo camisa 10 para o Mundial, um nome volta a ser falado nos bastidores, mesmo que ainda não existam avanços, pois tudo é considerado muito difícil: Oscar.

 

Foto: Cristiano Andujar/AGIF - Oscar é um sonho da diretoria.
Foto: Cristiano Andujar/AGIF – Oscar é um sonho da diretoria.

 

Vinculado ao  Shanghai Port, da China, o meio-campista esteve muito próximo do Rubro-Negro recentemente, mas alguns detalhes melaram a negociação. Com salário de 22 milhões de euros (cerca de R$ 116 milhões), por ano no clube chinês, que daria algo em torno de R$ 10 milhões mensais, o brasileiro já teria aceitado diminuir seus vencimentos para retornar ao país natal.

 



 

A questão é que o Internacional também estaria de olho em trazê-lo de volta. Vale lembrar que Oscar teve uma passagem pelo Beira-Rio entre 2010 e 2012, antes de chamar a atenção do futebol inglês e ser comprado pelo Chelsea, onde passou boa parte de sua carreira, atuando com diversas estrelas de renome, como o treinador português José Mourinho.

Fonte: Bolavip