Início Notícias ‘Vamos comemorar até janeiro’, declara Gabigol

‘Vamos comemorar até janeiro’, declara Gabigol

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Gabriel Barbosa Almeida, Gabigol, Gabi, Lil Gabi, podem chamar como vocês quiserem o segundo mais ídolo da história do Flamengo. O decisivo, debochado, o camisa 9, o artilheiro garantiu a terceira Libertadores da América para o Flamengo depois de uma assistência linda do maestro Miteiro.

Além de ter feito o gol do título, Gabigol foi eleito o melhor jogador da decisão da Libertadores contra o Athletico-PR. Após a partida, o atleta falou sobre a sensação de ser campeão vestindo o Manto Sagrado e já disse que o time quer estar na decisão do ano que vem.

“Primeiro agradecer a Deus pela benção, mais um título e mais um gol. Parece o primeiro em final, é sempre especial. Agradecer à minha família pelo apoio, a todo staff do Flamengo e aos jogadores. Foi feita uma grande preparação pra esse jogo e merecíamos sair campeões. Muito feliz, é comemorar bastante porque merecemos”, disse Gabigol após o jogo.

“Libertadores motiva, é um dia diferente, agora é até janeiro comemorando, porque ano que vem temos de estar na final de novo”, completou o atacante.

O atacante marcou nas três finais que disputou pelo clube. Em 2019, fez os dois gols do Fla na vitória sobre o River por 2 a 1. Em 2021, balançou a rede na derrota para o Palmeiras por 2 a 1. Em 13 finais disputadas com a camisa rubro-negra, ele fez 12 gols.

Por conta das eleições no país, a festa do Flamengo com os torcedores na avenida Presidente Vargas não acontecerá neste domingo, mas Gabigol avisou que será na segunda-feira.

“Estamos muito felizes, hoje não vamos comemorar com a torcida nem amanhã, mas segunda vamos invadir o Rio de Janeiro inteiro, vamos fazer uma linda festa. Agradeço à torcida pelo carinho. Me sinto em casa, flamenguista e carioca desde pequenininho”, afirmou Gabigol.

Como todo jogador de futebol, o artilheiro do Mengão sonha em jogar uma Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. No dia 7 de novembro, Tite irá divulgar a lista dos selecionados para o Mundial do Catar.

“Muita gente diz que Gabriel não faz mais gols, mas nosso centroavante é o Pedro e estamos empatados em gols. É um sonho estar na Copa, me esforço ao máximo. Atitudes valem mais que as palavras. Me reinventei. Quero olhar quando acabar a carreira e falar “sou completo”. Tenho que melhorar chute com a direita, cabeceio…Quem sabe o ano que vem estar aqui de novo e quem sabe de outra forma”, declarou Gabigol.

Fonte: Diário do Fla