Início Notícias “Não me surpreenderia”; Nilson César fala sobre substituto de Dorival Júnior no...

“Não me surpreenderia”; Nilson César fala sobre substituto de Dorival Júnior no Flamengo

Flamengo conquistou o seu terceiro título da Copa Libertadores no sábado (29), ao vencer por 1 a 0 o Athletico-PR

O Flamengo venceu o Athletico-PR por 1 a 0 na final da Copa Libertadores. A equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior chegou ao seu terceiro título de Copa Libertadores, e com uma campanha de ‘dar inveja’. Invicto, o Mengão somou na competição inteira 12 vitórias e 1 empate e é o sétimo Clube a conseguir o título dessa maneira. 

É inegável desde que Dorival Júnior chegou no Flamengo que a equipe mudou, por isso, o nome do treinador está no radar da Confederação Brasileira de Futebol – CBF para substituir Tite no comando da Seleção Brasileira. 

O narrador da Jovem Pan, Nilson Cezar, comentou sobre um substituto de Dorival Júnior caso o treinador saísse do Flamengo. Claro que o nome de Jorge Jesus foi citado, já que o Mengão ganhou títulos importantes com ele no comando. 

Buda Mendes/Getty Images/ Dorival Júnior na final da Libertadores 2022.
Buda Mendes/Getty Images/ Dorival Júnior na final da Libertadores 2022.

“Eu não estranharia numa saída do Dorival, o Flamengo ir atrás do Jorge Jesus novamente. Ele é a paixão do Flamengo. O Braz falou isso para o Pilhado. Se o Dorival sair, não me surpreenderia, pois as viúvas do Jesus ficariam felizes. Já pensou a festa com a volta dele ao Rio de Janeiro. Ele é apaixonado pela cidade, pelo povo. Isso tudo pode influenciar, não ficaria surpresa”, falou. 



Dorival Júnior comentou sobre comandar a Seleção e continuidade no Flamengo: “Temos grandes profissionais no país, muitos respeitados, que também tem o merecimento uma oportunidade à frente da Seleção. O Tite é um dos grandes profissionais do futebol mundial, de altíssimo nível. Não se esse caminho vai ser realmente tomado, mas vamos ficar na torcida do Brasil conquistar o título mundial.” 



“É muito difícil falar sobre hipóteses na minha posição. Meu contrato com o Flamengo vai até o fim do ano. Meu maior prêmio seria continuar e dar sequência ao trabalho. Caso haja a possibilidade (de assumir a Seleção), isso seria após Copa do Mundo. Você postula uma condição como essa, mas é tudo ainda muito distante e muito vago”, finalizou. 

Fonte: Bolavip