Início Notícias Gabigol admite sonho de ir para a Copa: “Me reinventei”

Gabigol admite sonho de ir para a Copa: “Me reinventei”

Gabigol, do Flamengo – Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: Autor do gol do título do Flamengo na Libertadores de 2022, Gabigol já estava na história do Flamengo pelos mais de 100 gols pelo clube e por ter, até então, dez taças pelo Mais Querido. Agora, o camisa 9 quer também fazer bonito com a Seleção Brasileira. Após o jogo contra o Athletico-PR, o atacante destacou que merece ser convocado para a Copa do Mundo de 2022, que será entre novembro e dezembro deste ano.

— Eu já falei isso várias vezes e não quero ser repetitivo. Eu não gosto de dar entrevista, não gosto de falar as coisas que eu acho. Muita gente fala que o Gabriel não faz mais gol. Mas nosso artilheiro, nosso jogador que está na Copa, nosso centroavante, é o Pedro e a gente está empatado em gols. Eu sempre brinco com ele – começou Gabigol, que tem 29 gols pelo Flamengo no ano, assim como Pedro.

Gabigol chegou ao Flamengo em 2019, pouco após o Brasil perder a Copa do Mundo de 2018. Ao longo destes quatro anos, Gabi foi convocado algumas vezes para a Seleção Brasileira e também fez bonito pelo Mengão. Como já destacado, eram dez títulos até a final deste sábado (29). Agora, a listo do camisa 9 tem duas Libertadores, dois Campeonatos Brasileiros, duas Supercopas do Brasil, Recopa Sul-Americana, Copa do Brasil e três cariocas. Além disso, são 133 gols e 132 vitórias em 209 jogos. Tem espaço na Amarelinha?

— É um sonho estar na Copa do Mundo, eu procuro trabalhar ao máximo, me esforçar ao máximo. Creio eu que as atitudes valem mais do que as palavras. Me reinventei e estou gostando disso. Acho que no futuro, quando eu parar de jogar bola, quero olhar para mim e falar: ‘Pô, eu sou completo’. Claro: preciso melhorar ainda a direita e o cabeceio. Mas ninguém é perfeito. Mas creio eu que estou caminhando para me reinventar. E quem sabe estar aqui de novo no ano que vem e quem sabe de outra forma – acrescentou o atacante.

Gabigol e toda a delegação do Flamengo chegarão ao Rio de Janeiro, de Guayaquil, na manhã do domingo (30). No entanto, por conta das eleições, não haverá festa no desembarque. As comemorações com a torcida devem ficar para depois. Fato é que haverá muita celebração no próximo jogo do Fla, na quarta-feira (02), contra o Corinthians, às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã.