Início Notícias “Flamengo está aonde merece estar”, diz Everton Ribeiro

“Flamengo está aonde merece estar”, diz Everton Ribeiro

Everton Ribeiro beijando troféu de campeão da Libertadores 2022 – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA DO FLA: Com 11 títulos com a camisa do Flamengo, Everton Ribeiro está eternizado na história do Rubro-Negro. Neste sábado (29), o meia foi decisivo na conquista do tricampeonato da Copa Libertadores da América, ao dar o passe para o gol de Gabigol, nos acréscimos do segundo tempo. Com o fim da temporada pelo Fla se aproximando, o camisa 7 revelou o próximo objetivo da temporada: a convocação para a Copa do Mundo.

“É como bater metas, conquistando mais um título. Agora, dia 7 (de novembro) espero na frente da TV, torcendo pela convocação (para a Copa do Mundo)”, disse Everton Ribeiro, em entrevista para a ESPN Brasil. O meia tem boas chances de ser chamado pelo técnico Tite, já que foi lembrado na última lista do treinador, realizada para amistosos em setembro.

Everton Ribeiro chegou ao 11º título com a camisa do Flamengo: duas Libertadores, uma Copa do Brasil, dois Brasileiros, uma Recopa, duas Supercopas e três Cariocas. No ranking total de conquistas, o capitão do time está a dois de Zico e Júnior, recordistas pelo Mais Querido. Sobre os troféus recentes, o meia destacou o trabalho da diretoria do Mengo.

— Acho que é onde o Flamengo merece estar. Esse projeto foi construído para isso. O clube trouxe grandes jogadores, tem uma estrutura de primeiro mundo. Só está colhendo os frutos desse grande trabalho. O Dorival também chegou para nos mostrar o caminho das vitórias e todos compraram o trabalho dele. Glória a Deus por esse momento único das nossas vidas. Somos campeões invictos, é mais uma marca — disse o jogador, que também valorizou o adversário.

Everton Ribeiro e todo elenco desembarcam no Rio de Janeiro neste domingo (30), pela manhã. Porém, sem festas nas ruas da cidade, por conta das eleições. De acordo com Gabigol, a capital vai ‘parar’ na segunda-feira (31) para a celebração do tricampeonato, o primeiro invicto da história do clube.