Início Notícias Gabigol e Pedro buscam quebrar recordes em final

Gabigol e Pedro buscam quebrar recordes em final

Gabigol e Pedro no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

ESPN: Guilherme Moreno, Matheus Henrique e Vinicius Ribeiro

Gabigol e Pedro são dois dos destaques do Flamengo para a final da Conmebol Libertadores contra o Athletico-PR, neste sábado (29), às 17h (de Brasília), com transmissão . E os comandantes dos setor ofensivo rubro-negro podem quebrar recordes da competição diante do Furacão.

Artilheiro do atual torneio com 12 gols, Pedro tem tudo para faturar a chuteira de ouro da Libertadores, já que Gabigol, com cinco, é quem mais se aproxima dos que estão ainda vivos na competição. Além disso, o camisa 21 persegue dois compatriotas para tentar ser o brasileiro com mais gols em uma só edição.

Quem está no topo do ranking é Luizão, que fez 15 gols na edição de 2000, pelo Corinthians. Outro que também está à frente de Pedro é Palhinha. O ex-Cruzeiro tem 13 gols em 1996.

Um hat-trick coloca Pedro no topo ao lado do ex-atacante pentacampeão do mundo com a seleção brasileira em 2002. E a especialidade do centroavante do Flamengo na atual Libertadores tem sido marcar três gols.

Diante do Tolima, nas oitavas de final, Pedro fez três gols na goleada por 7 a 1 sobre os colombianos. No 4 a 0 aplicado sobre o Vélez Sarsfield, na semifinal de Libertadores, ele também anotou um hat-trick.

Gabigol também buscando recordes
Com 28 gols na história da Libertadores, Gabigol está bem perto de se tornar o brasileiro que mais marcou na competição. Apenas Luizão, com 29, está à frente.

O desempenho de Gabigol em finais enche o torcedor do Flamengo de esperança. Em 2019, ele foi o grande herói rubro-negro ao anotar os dois gols do título diante do River Plate.

Em 2021, no vice para o Palmeiras, Gabigol também deixou a sua marca. No entanto, o 2 a 1 do time alviverde fez o tento do camisa 9 ficar apagado.

Em outras finais, o camisa 9 do Flamengo também seguiu castigando os rivais. Quando o assunto é decisão, são 17 jogos pelo Flamego, com 11 gols marcados. Ao todo, foram nove partidas balançando as redes do adversário.

Gabigol também anotou duas assistências em decisões pelo Flamengo. Ou seja, o camisa 9 é um grande trunfo do Flamengo para buscar o tri da América.