Início Notícias “A favela em busca da coroa”

“A favela em busca da coroa”

Torcida do Flamengo nas ruas e em cima do ônibus para “AeroFla” de 2022 – Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: A Libertadores da América é o campeonato do continente com maior repercussão na Europa. Como finalista da competição, o Flamengo chamou a atenção da imprensa da Alemanha durante a semana. A equipe de reportagem do site ‘Deutsche Welle’ acompanhou a vitória rubro-negra sobre o Santos, na terça-feira (25), diretamente do Maracanã. O portal de notícias projetou a decisão continental e traçou o perfil da Nação.

Com o título da matéria “Mito do Flamengo – o clube da favela está em busca da coroa”, o texto destaca:

“Mais de 40 milhões de torcedores cruzam os dedos pelo lendário clube – incluindo muitos moradores de favelas. Quase um em cada quatro brasileiros torcerá enquanto o clube carioca busca seu terceiro título da Copa Libertadores, depois de 1981 e 2019. Segundo pesquisas, o clube no Brasil tem cerca de 45 milhões de torcedores, o que o torna o mais popular do país”.

Foto: Screenshot

A personagem principal da matéria foi a enfermeira Katia Cilene Pereira Lima, de 31 anos, moradora do Itaboraí, município do Rio de Janeiro que fica a quase 100 km do Maracanã. A reportagem conta a dificuldade e o sacrifício da rubro-negra para acompanhar o Mengão no Templo Sagrado.

“Não voltarei para casa antes das 2 da manhã, e amanhã (quarta) tenho que voltar ao trabalho às 5h”, disse ela, após o duelo contra o Santos.

A reportagem ainda conversou com o historiador Rubens (sobrenome não foi divulgado por questões de segurança pessoal, segundo DW), de 45 anos, que explicou a relação da torcida do Flamengo com as favelas do Rio de Janeiro.

“O Flamengo é um clube cujos torcedores são majoritariamente pobres, negros e favelados. Sou professor, trabalho no Complexo de Favela Alemão e 90% dos meus alunos são flamenguistas”.

Como diz a letra do samba “Flamengo Maravilhoso”, de Luiz Ayrão, torcedores do “asfalto, do morro, de Deus e do povo” estarão de olho no duelo entre o Mais Querido e o Athletico-PR neste sábado (29), a partir das 17h (horário de Brasília), no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil, no Equador. O confronto é válido pela final da 63ª edição da Copa Libertadores da América.