Início Notícias Rodrigo Tostes fala sobre possibilidade de novo estádio para o Flamengo: ‘Estamos...

Rodrigo Tostes fala sobre possibilidade de novo estádio para o Flamengo: ‘Estamos estudando as possibilidades’

Flamengo pode chegar ao faturamento de R$ 1 bilhão.
Rodrigo Tostes, vice-presidente de finanças do Flamengo. Foto: Reprodução/Internet.

Daqui dois dias, o Flamengo decide a final da Libertadores diante do Athletico-PR. Já em Guayaquil, a delegação do Mengão vem cheia. Um dos dirigentes que viajou junto com time foi o vice de finanças Rodrigo Tostes. Em entrevista exclusiva para a ‘ESPN’, Rodrigo, entre diversos assuntos, falou sobre a possibilidade de estádio para o Fla.

Flamengo tem dívidas controladas e poder de investimento. A gente pensa muito a frente, a gente tem estudo e muitas possibilidades estão sendo vistas. E, sim, a gente não abre mão de estudar a possibilidade de ter um estádio novo”, declarou, antes de emendar sobre hegemonia no futebol brasileiro:

“A gente tem muita atenção e não se acomoda. No Flamengo a gente nunca está achando que chega nesse nível e não tem mais nada para fazer. Existe um trabalho aqui de uma mentalidade dentro do clube de que a gente não relaxa em nenhum momento, tanto na questão financeira quanto na do resultado. A gente nunca está satisfeito. Se a gente continuar nessa pegada, vamos durar muito mais do que o ciclo. O Flamengo tem uma estrutura que não precisa de um mecenas e de que ninguém botando dinheiro. Isso faz diferença em relação aos outros clubes. Temos uma estrutura que gera receitas. Mas a gente sabe que se cochilar um minuto, isso pode ser deteriorado”, complementou.

Confira outros trechos da entrevista:

Final única

“Eu acho o projeto de final única muito bom. Acho que o futebol é entretenimento. Vem uma experiência de fora. As pessoas criticam a infraestrutura de cidades de América do Sul, mas sei o quanto é difícil organizar um evento como esse. Mas, eu particularmente, sou a favor de final única. Isso traz muito valor ao produto. Acho que o Flamengo tem tudo para nos próximos anos a torcida ter a oportunidade de viajar e viver a experiência de final única. Acho que o Flamengo precisa sair do Brasil, no projeto de internacionalização do clube”

Receita

“Estamos muito satisfeitos com nossa projeção de receita. Foi um projeto que começou há 10 anos e mais uma vez vamos atingir a marca de um bilhão de faturamento. E deve ter uma receita de 300 a 350 projetados. O Flamengo sempre orça chegar às semifinais e esse orçamento que projeta as receitas que permite a gente continuar investindo”

SAF

Flamengo faz avaliação de todo mercado, avalia e pega as melhores práticas. Flamengo não deixa de avaliar nenhuma opção. É uma realidade estudar as possibilidades, temos que olhar para o lado e ver os que os outros fazem de certo e errado. A gente olha 10 anos para frente para imaginar onde devemos estar”, finalizou.

Fonte: Diário do Fla