Início Notícias Flamengo estuda rescindir contrato com patrocinadora

Flamengo estuda rescindir contrato com patrocinadora

Rodolfo Landim – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

ESPN: Pedro Ivo Almeida, Pedro Henrique Torre e Vinicius Ribeiro

O Flamengo está em Guayaquil para a final da Conmebol Libertadores, neste sábado (27), às 17h, de Brasília, contra o Athletico-PR, com pela. No Brasil, uma confusão causada por um patrocinador respingou até na diretoria rubro-negra.

Tudo começou quando a companhia aérea Euroatlantic informou à empresa Outsider, parceira do Fla, que não conseguiria entregar o serviço de voos fretados para Guayaquil por falta de autorização das agências nacionais de aviação de Brasil e Equador para o trajeto.

Voos que deveriam sair na quarta-feira (26) foram cancelados. Nesta quinta (27), alguns torcedores chegaram a embarcar, mas outros voos previstos também foram cancelados.

A Outsider informa que sairão às 7h de sexta-feira (28) mais voos. Esses novos fretados foram fechados com a companhia Azul.

A parceira do Flamengo informou que irá representar judicialmente contra a Euroatlantic por quebra de contrato.

Também nesta quinta-feira (27), diversos torcedores da equipe da Gávea foram à porta da Outsider, no Rio de Janeiro, para protestarem e cobrarem providências.

O cancelamento da viagem veio com uma mensagem enviada às vésperas do embarque. E o desgaste causado irritou membros da diretoria rubro-negra, entre eles o presidente Rodolfo Landim.

O mandatário não gostou da bola fora causada pelo recente patrocinador, anunciado na última segunda-feira (24) como novo parceiro do Flamengo para a temporada. Membros da diretoria questionavam a parceria e não viam com bons olhos a assinatura do contrato.

Integrantes da alta cúpula também discutem até uma rescisão de contrato com a parceira, segundo apurou a reportagem.