Início Notícias "Espero que…"; Pablo Marí não fica em cima do muro e manda...

"Espero que…"; Pablo Marí não fica em cima do muro e manda a real sobre Flamengo de Dorival na Libertadores

Zagueiro teve ótima passagem na Gávea e atualmente está emprestado ao Monza, da Itália

Neste sábado (29), o Flamengo entra em campo pela final da Copa Libertadores da América, disputamdo o título com o Athletico-PR, em duelo que será transmitido ao vivo pela Star+. A equipe comandada por Dorival Júnior quer ter sucesso e levantar mais uma taça, podendo relembrar os tempos de Jorge Jesus, quando empilhou vários títulos.

 



 

Atualmente, a zaga é composta por David Luiz e Léo Pereira, que conseguiram um entrosamento de alto nível, conseguindo ótimos resultados dentro de campo e tornando o setor defensivo muito forte. Na última conquista rubro-negra, quem atuava pelo setor era Pablo Marí, que deixa saudades em vários torcedores. Em entrevista ao As, da Espanha, o zagueiro falou e relembrou momentos no Brasil.

 

 

AS: Neste sábado, o Flamengo joga a final da Copa Libertadores. A última que ele ganhou foi com você em campo:

Marí: É um jogo inesquecível no meu futebol e na minha carreira pessoal. Tive a sorte de ganhar o campeonato e a Libertadores na mesma semana. Não poderia ser melhor. Desejo tudo de bom para o Flamengo, espero que vença.

 

Foto: João Vitor Rezende Borba/AGIF - Zagueiro conquistou títulos pelo Rubro-Negro.
Foto: João Vitor Rezende Borba/AGIF – Zagueiro conquistou títulos pelo Rubro-Negro.

 

AS: O plantel desta equipa é muito curioso, pois há veteranos como Filipe Luis, Diego Ribas, David Luiz, Diego Alves ou Arturo Vidal e jogadores muito jovens. Como esses dois tipos de pessoas se misturam?

Marí: Porque todos falamos a mesma língua, a do futebol. Veteranos sabem como lidar com essas crianças que têm uma projeção incrível, mas não têm essa experiência para serem mais calmas ou mais ativas em momentos decisivos. Quando você faz esse compacto, você cria uma grande equipe.

 



 

AS: Qual é o seu futuro? Qual é o próximo passo?

Marí: Estou procurando um pouco de estabilidade, é a minha vez. Estou viajando pelo mundo há quase dez anos. Que não me arrependo, porque me fizeram crescer como jogador de futebol e como pessoa. Mas meu filho já está começando a ser um pouco mais velho. Não me limito a mais de um ano. Estou emprestado, vamos chegar ao final da temporada e veremos o que acontece no verão.”

Caso você não tenha conseguido ingresso para assistir a final da Libertadores entre Flamengo e Athletico-PR, não se desespere: pode ver tudo ao vivo clicando aqui.

Fonte: Bolavip