Início Notícias Técnico do Olympique justifica Gerson na reserva

Técnico do Olympique justifica Gerson na reserva

Gerson e Thuler em Lyon x Montpellier – Foto: Divulgação

MUNDO RUBRO-NEGRO: Técnico do Olympique justifica falta de espaço a Gerson Por André Antunes26

Depois de uma ótima temporada no futebol francês, o volante Gerson vive um momento delicado no Olympique de Marselha. O ex-jogador do Flamengo perdeu a titularidade, e seu pai, que também é seu agente, já fala em encontrar um novo time na próxima janela. Em entrevista, o técnico Igor Tudor falou sobre a situação do brasileiro.

Após a polêmica criada pelo pai de Gerson sobre a minutagem do jogador nesta temporada, o treinador falou sobre a dificuldade de escalar o time titular e rasgou elogios ao volante antes da partida contra o Frankfurt, pela Champions League:

“Você pode fazer essa pergunta a todos os treinadores do mundo. O mais difícil para um treinador é escolher os onze jogadores e os cinco suplentes. Gosto de todos os meus jogadores e acho que todos são fortes e têm qualidade para jogar. Mas, infelizmente, nem todos podem ser felizes. É o mesmo para o Gerson, gosto muito dele, é um talento fantástico. Mas tenho que fazer escolhas que acredito serem as melhores para a equipe neste momento. Nunca é contra ninguém. É para a equipe. É normal um agente entrar assim e dar entrevistas. Esse tipo de coisa acontece o tempo todo no futebol e sempre vai acontecer”.

Se na última temporada Gerson participou de praticamente todos os jogos como titular com Sampaoli, o quadro mudou com a chegada do técnico croata. Na atual temporada, o meio-campista participou de 11 de 17 jogos do Olympique, apenas oito como titular, e com uma média de 47 minutos por jogo.

Nas últimas quatro partidas, Gerson não chegou nem a entrar em campo e terminou a partida no banco de reservas. Atuando mais adiantado com Sampaoli do que nos tempos de Flamengo, Gerson fez sua temporada mais artilheira da carreira. No entanto, com Igor Tudor, o craque só marcou dois gols.

Portanto, a insatisfação fez com que Marcão, pai e agente de Gerson assumisse publicamente que busca uma transferência:

“Nós vamos procurar outro lugar. É inevitável. Vamos nos organizar para sair na próxima janela de transferências”. Mas e aí, cabe no Flamengo?