Início Notícias "Profecia"; Como tetracampeonato do Flamengo pela Copa do Brasil pode 'influenciar' o...

"Profecia"; Como tetracampeonato do Flamengo pela Copa do Brasil pode 'influenciar' o campeão da próxima edição

O Flamengo sagrou-se campeão da Copa do Brasil pela quarta vez em sua história e uma ‘curiosidade’ chamou a atenção de internautas nas redes sociais

O Flamengo é tetracampeão da Copa do Brasil. Após uma final acalorada com o Corinthians, o Rubro-Negro venceu o Timão no Maracanã, nos pênaltis, por 6 a 5, e levou a taça do torneio para casa. Diego Ribas, que deve anunciar aposentadoria no fim do ano, após o fim de seu contrato com o Clube, ergueu a taça junto a seus colegas de equipe.

No entanto, uma curiosidade chamou a atenção dos internautas após a consagração do título flamenguista. Acontece que, nas outras três vezes que o Mais Querido gritou “é campeão” pela Copa do Brasil, no ano seguinte, quem conquistou a taça foi um vencedor inédito na temporada. Sendo assim, caso a ‘profecia’ seja cumprida, poderemos ver um novo campeão da Copa do Brasil em 2023. Veja a relação abaixo.



Flamengo (1990) – O primeiro título do Rubro-Negro veio na segunda edição da Copa do Brasil, em disputa contra o Goiás. Na primeira partida, realizada em Juíz de Fora, teve um gol rubro-negro originado dos pés de Fernando. Na segunda partida, no Serra Dourada, a decisão terminou em 0 a 0 e o Mais Querido foi campeão pela primeira vez na competição.

Acervo/Flamengo. O Flamengo foi campeão da Copa do Brasil pela primeira vez com gol do zagueiro Fernando

Criciúma (1991) – A terceira edição da Copa do Brasil é, até hoje, o título mais importante da história do Criciúma. Na época, o time comandado por Luiz Felipe Scolari venceu o Grêmio após empatar em Porto Alegre por 1 a 1. Como gol fora de casa era critério de desempate, no Heriberto Hülse, o Tigre soube segurar o Imortal e, contrariando grande parte da imprensa, sagrou-se campeão, participando da Copa Libertadores de 1992.

Reprodução/Instagram – Criciúma foi o ‘azarão’ da terceira edição da Copa do Brasil

Flamengo (2006) – O Rubro-Negro conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil sobre ninguém menos que um de seus maiores rivais, o Vasco da Gama. A decisão protagonizada no Maracanã, terminou em 3 a 0 para o Flamengo no placar agregado. Na primeira partida, a equipe venceu o Gigante da Colina por 2 a 0 e sagrou-se campeão uma semana depois, no jogo de volta, por 1 a 0, com gol de Juan. 

Acervo/Flamengo. O Rubro-Negro foi bicampeão sobre o rival Vasco da Gama

Fluminense (2007) – O segundo ‘beneficiado’ pela profecia flamenguista foi justamente o rival Fluminense. Na oportunidade, o Tricolor foi superior ao Figueirense e bradou os gritos de campeão no Estádio Orlando Scarpelli. No jogo de ida, no Maracanã, as equipes empataram por 1 a 1. Na volta, Roger Machado marcou pelos cariocas, que encerraram um jejum de 23 anos sem conquistas nacionais naquele ano.

Acervo/Fluminense FC. O Flu acabou com um regime de 23 anos sagrando-se campeão da Copa do Brasil de 2007

Flamengo (2013) – Em seu tricampeonato, o Flamengo superou o Athletico Paranaense, no Maracanã, pelo placar agregado de 3 a 1. Na partida de ida, em Curitiba, as equipes deixaram os gramados com a decisão aberta em 1 a 1. No entanto, Elias e Hernane, nos acréscimos, garantiram a terceira taça rubro-negra da competição nacional.

Acervo/CBF. O Flamengo conquistou o tricampeonato da Copa do Brasil em 2013

Atlético Mineiro (2014) – Após uma temporada memorável que consagrou o Galo como campeão da Copa Libertadores pela primeira vez em sua história, o Atlético Mineiro conquistou, também pela primeira vez, o título da Copa do Brasil, sobre o maior rival, o Cruzeiro, pelo placar agregado de 3 a 0.

Acervo/Atlético Mineiro. Com gol de Diego Tardelli no jogo de volta, o Galo venceu o rival Cruzeiro em sua primeira conquista pela Copa do Brasil

Fonte: Bolavip