Início Notícias Filipe Luís revela ‘ritual’ antes dos jogos: “Sou igual o Nadal”

Filipe Luís revela ‘ritual’ antes dos jogos: “Sou igual o Nadal”

Filipe Luís deitado no gramado – Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

COLUNA DO FLA: Filipe Luís é um dos jogadores mais experientes do atual elenco do Flamengo. Aos 37 anos, o lateral se prepara para disputar a terceira final de Libertadores da carreira, desta vez contra o Athletico-PR, no próximo sábado (29). Para a partida decisiva no Equador, o jogador já antecipou que não vai abrir mão de um ritual que o acompanha desde o início da carreira.

— Já começa antes do jogo, fazer a barba, escutar as mesmas músicas, o banho, o que comer antes do jogo, dependendo da hora do jogo, e aí tem as músicas no ônibus, a música que tem que chegar e escutar na chegada do ônibus. Chegando no vestiário tomar um Red Bull, analisar os últimos repasses dos adversários. Mas os outros jogadores respeitam, uns tentam dar uma ‘quebrada’ — revelou Filipe, ao podcast da Conmebol.

— Sou que nem o Nadal, tenho rotinas que faço no vestiário, que costumo fazer no ônibus, no trajeto. Coisas que eu fui construindo ao longo da minha carreira, e foram sempre com vitórias, então foi dando certo e fui continuando. Não é algo que vai fazer a diferença caso eu não faça, mas gosto de sempre fazer o ritual da vitória. Entrar com pé direito no campo, mas já entrei com pé esquerdo e perdemos — disse o lateral esquerdo.



Ao contrário do que muitas pessoas fazem, o ritual de Filipe Luís não é levado para o lado supersticioso. O jogador deixou claro que esse passo a passo serve como uma sequência de ações com ‘minutagem’ parecidas, que ajudam o lateral a ficar concentrado.

— Esse ritual do vestiário não é um ritual supersticioso, é mais um ritual de minutagem, porque eu sei o tempo certinho que eu tenho até entrar no campo, então costumo fazer as mesmas coisas para focar no jogo e não perder a concentração. Isso me ajuda a concentrar e acaba virando uma mania, porque são vários anos fazendo a mesma coisa — completou Filipe.

Todo esse ritual lateral esquerdo de deverá ser feito no próximo sábado (29), quando o Flamengo tem o jogo mais importante do ano. Em Guayaquil, no Equador, o Rubro-Negro disputa a final da Libertadores contra o Athletico-PR. A partir das 17h (horário de Brasília), o Mais Querido vai em busca do tri da América, no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo.