Início Notícias Arrascaeta, do Flamengo, admite estar jogando no sacrifício

Arrascaeta, do Flamengo, admite estar jogando no sacrifício

Arrascaeta em Flamengo x Corinthians – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA DO FLA: Reta final de temporada e Arrascaeta vive um dilema. Com dores no púbis, o jogador não pode parar para realizar o tratamento, já que o Flamengo vive decisões em sequência nas últimas semanas. O meia admitiu que o problema o incomoda, mas garantiu que não quer ficar de fora das partidas do Rubro-Negro.

— Sim. É complicado, né. A gente sempre quer dar o melhor e às vezes talvez acaba se atrapalhando um pouco, porque estou sempre em campo. Então o desgaste físico, sim… O exame deu que tenho uma pubalgia. Mas tem muito tempo que já venho com isso, venho sofrendo um pouquinho. Mas a gente estava jogando partidas importantes, Copa do Brasil, classificação para a Libertadores e eu falava: ‘Não quero ficar de fora para esse jogo, quero ir’. Só que se aproximavam semifinais e finais, e o que quero é estar dentro do campo — disse o camisa 14 do Flamengo, em entrevista para a ESPN.

— Então estamos tentando levar da melhor forma para o final do ano, ver como vai ficar a situação. Obviamente que é um trabalho muito forte que a gente quer fazer dentro do clube, quanto em casa com o fisioterapeuta. Tudo procurando o melhor para a minha saúde e para o time também. E bom, depois que acabar tudo, tentar ir para o Mundial com o Uruguai. A gente vai decidir o que vai ser melhor. Se nas férias, depois, voltar aqui 100%, sem nenhum problema, se vai ter que passar por alguma cirurgia — acrescentou o uruguaio.

Por ‘se poupar’ nos treinamentos para não agravar as dores, Arrascaeta reconhece que o desempenho nas partidas pode ter caído um pouco. No entanto, agora, o uruguaio deseja repouso total até a grande final da Libertadores, no dia 29 de outubro, contra o Athletico-PR, para chegar nas melhores condições possíveis na decisão.

— Nós que jogamos futebol sabemos que a maioria dos jogadores jogam com dores. Mas também, se você não treina 100%, nunca vai conseguir dar o melhor dentro de campo. Então o que eu mais senti falta foi dos dias dos treinamentos, muitas vezes fiquei dentro tratando para não piorar. E, bom, dentro de campo às vezes estou sentido um pouquinho diferente. Mas agora é descansar e recuperar bem para esse jogo da final — concluiu Arrascaeta.

Arrascaeta não viajou com a delegação do Flamengo para Belo Horizonte, onde o Mais Querido encara o América-MG, neste sábado (22), na Arena Independência. Os outros titulares do elenco também ficarão no Rio de Janeiro, treinando de olho na Libertadores. Do chamado ‘time das copas’, apenas João Gomes será escalado no embate válido pela 33a rodada do Campeonato Brasileiro.