Início Notícias A pobre autocrítica da torcida do Corinthians

A pobre autocrítica da torcida do Corinthians

Cássio lamentando gol do Flamengo contra o Corinthians pela Copa do Brasil – Foto: Gilvan de Souza

BLOG DO MAURO CEZAR PEREIRA: Vice-campeão da Copa do Brasil, o Corinthians tem sido saudado como se a taça estivesse em São Paulo. Não está.

Zero reflexão quanto à atuação pálida no jogo de ida, o 0 a 0 na Neo Química Arena, com domínio do Flamengo.

Zero reflexão com relação à opção do técnico Vitor Pereira por uma linha de cinco homens na defesa, o que deu em nada.

Zero reflexão quanto à postura cautelosa ao extremo em Itaquera, duas vezes contra Flamengo e diante do Boca também em um par de ocasiões.

Zero reflexão a respeito das finanças do clube: e agora, como elas ficam após tanto investimento e sem a premiação. Pioram? Quanto?

Zero reflexão sobre a arbitragem nos dois jogos, no todo, e há quem ainda insista no pênalti fantasma reivindicado em Itaquera.

Zero reflexão quanto ao fato de o goleiro adversário, Santos, não ter feito uma defesa difícil sequer em dois jogos. Já Cássio…

Afinal, o Corinthians precisa mesmo se contentar com o fato de ter jogado melhor do que o Flamengo no Maracanã. Isso basta?

Até quando os corintianos seguirão se apoiando na muleta do “somos maloqueiros e sofredores”? Não seria possível jogar melhor e vencer?

Zero reflexão…