Início Notícias Rodinei mantém ideia inicial de deixar o Flamengo

Rodinei mantém ideia inicial de deixar o Flamengo

Rodinei beijando troféu de campeão da Copa do Brasil pelo Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

UOL: Bruno Braz

Poucos jogadores têm vivido uma montanha-russa de emoções tão grande quanto Rodinei no Flamengo. Já foi xodó, já foi criticado, já foi emprestado, já virou homem de confiança, já foi relegado à terceira opção… Com todos os altos e baixos que viveu em seus sete anos no Rubro-Negro, o lateral-direito já havia decidido deixar o clube na próxima temporada e respirar novos ares. Mas afinal, algo mudou com o gol do título da Copa do Brasil marcado em cobrança de pênalti?

Pessoas próximas ao jogador garantem que, até o momento, nada mudou. Não há, porém, por parte de Rodinei, nenhum problema com o Flamengo. Muito pelo contrário, o atleta demonstra bastante gratidão e carinho pela instituição que lhe deu a maior projeção e os maiores títulos da carreira. A decisão do lateral é estritamente profissional, em busca de novos objetivos e experiências.

O próprio Flamengo, até bem pouco tempo, também avaliava que ao fim desta temporada, quando se encerrará seu contrato, é o momento para terminar o casamento. No entanto, o cenário mudou de figura com as boas atuações e o apoio do técnico Dorival Júnior, que gosta de seu futebol e não pretende perdê-lo, embora sua permanência para 2023 ainda não esteja garantida já que também tem seu vínculo atual se encerrando em dezembro.

Porém, apesar de tudo apontar para que ano que vem Rodinei esteja vestindo outra camisa, há quem faça a ressalva da boa e velha teoria de que o “futebol é dinâmico”.

“Ainda tem uma final da Libertadores pela frente, muita coisa pode acontecer por lá…”, costuma dizer quem convive com o atleta.

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz adota com Rodinei o mesmo discurso que aplica para outros jogadores que terão seu contratos encerrados ao fim da temporada. O de que ainda não é o momento para tratar de renovações embora, à boca pequena, já tenha soltado um “ele sabe o que a gente pensa”, se referindo ao lateral.

Após o protagonismo do título da Copa do Brasil, Rodinei evitou falar sobre o assunto e se esquivou durante a zona mista no Maracanã:

“Agora eu só quero comemorar. Negócio de renovar contrato, quem resolve são meus representantes. Hoje só quero comemorar porque é um dia histórico na minha vida”.

Em tese, Rodinei tem ao menos mais quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro — já que será poupado dos dois próximos por causa da final da Libertadores — além da decisão contra o Athletico-PR, no próximo dia 29, pelo torneio continental.