Início Notícias Dorival Jr diz que não pediu ao Flamengo para recuar em final

Dorival Jr diz que não pediu ao Flamengo para recuar em final

Dorival Jr com Filipe Luís no Flamengo – Foto: Marcelo Cortes

COLUNA DO FLA: Foi sofrido, mas o Flamengo e os milhões de rubro-negros conseguiram dar o grito de campeão da Copa do Brasil. O duelo de quarta-feira (19), contra o Corinthians, começou bem para o Rubro-Negro que abriu o placar logo no início do jogo, com Pedro. No entanto, no segundo tempo a equipe paulista cresceu e conseguiu empatar o duelo para 1 a 1, levando a decisão para os pênaltis. O desempenho aquém do esperado do Fla na segunda etapa foi um dos temas abordados por Dorival Júnior na coletiva.

— O gol no início, às vezes provoca uma reação da equipe de querer se segurar e proteger a todo momento. Com tudo isso, tivemos várias oportunidades no primeiro tempo que poderíamos ter aumentado o placar e dois gols anulados por detalhes na segunda etapa. O Corinthians, naturalmente precisando buscar o resultado, saiu para buscar a partida. Eles nos deram a possibilidade de contra-ataque. Nós tentamos explorá-los, mas demos muita posse de bola ao Corinthians, coisa que o Flamengo dificilmente deixa fazer e acontecer ao longo de todos os jogos das três competições. De modo geral, acho que num campeonato como esse você tem que ganhar e jogar pelo resultado, sempre. Mesmo não sendo uma grande partida, tecnicamente falando, alcançamos com ombridade e determinação um resultado que nos deu a possibilidade do quarto título do Flamengo, disse.

– O Flamengo, por filosofia, não joga fechado, é um time que tem que pressionar. A instrução do Dorival foi outra, mas a gente acabou se defendendo naturalmente e paramos de jogar com o passar do tempo. E aí tudo pode acontecer. Sempre que eu visto a camisa do Flamengo nunca tive um segundo de acomodação, sempre quis conquistar títulos e, mesmo conquistando hoje, eu penso na próxima chance que vamos ter daqui a 10 dias (final da Libertadores), completou Filipe Luís.

Como não havia vantagem para o segundo jogo da final da Copa do Brasil, com o duelo terminado em 1 a 1 no tempo regulamentar, a decisão foi para os pênaltis. O Mais Querido venceu o Corinthians por 6 a 5, após Rodinei bater a penalidade derradeira.

O quarto título do Flamengo a que Dorival se refere é o tetracampeonato da Copa do Brasil, além disso, é a segunda vez que o treinador ergue esta taça na carreira. Por ter ganhado, o Mengo assumiu o terceiro lugar, juntamente com o Palmeiras, entre os times que mais venceram a competição de mata-mata nas 34 edições desde sua criação.

Já com um título relevante na temporada, o Flamengo está a nove dias da final da Libertadores, diante do Athletico-PR. A decisão será disputada em 29 de outubro, em jogo único, em Guayaquil, no Equador. A bola vai rolar no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, às 17h (horário de Brasília), e o Mengo vai com o ânimo ‘nas alturas’ para a finalíssima.