Início Notícias A melhor das Copas do Flamengo

A melhor das Copas do Flamengo

Rodinei e torcida do Flamengo comemorando título da Copa do Brasil 2022 – Foto: Gilvan de Souza

BLOG DO GILMAR FERREIRA: A julgar pelos adversários que teve de superar para chegar até o título, esta talvez tenha sido a Copa do Brasil mais bonita das quatro que o Flamengo conquistou desde a primeira em 1990.

Com exceção do Altos-PI, adversário da Série D, batido pelo time reserva na primeira rodada, os quatro seguintes foram campeões brasileiros, dois deles campeões mundiais.

Atlético-MG, Athlético-PR e São Paulo, nesta ordem, foram batidos em duelos de 180 minutos, ou nos pênaltis, como na batalha com o Corinthians nesta quarta-feira, no Maracanã.

Não foi uma atuação de encher os olhos, principalmente após as saídas de Vidal e Thiago Maia para a entrada de Matheusinho e Fabrício Bruno, no segundo tempo, ambas por ordem física.

Como previmos, a ausência de João Gomes trouxe desconforto para o time rubro-negro na retomada da bola e o Corinthians, que veio com mudanças de última hora, custou a tirar proveito.

A troca de Adson por Lucas Piton, armando uma linha defensiva de cinco jogadores, baixou a marcação corintiana e deu espaços para Filipe Luís se projetar na armação do time.

O gol de Pedro aos 7 min, em triangulação com Everton Ribeiro e Arrascaeta, acendeu o Flamengo que teve até chances de fazer mais gols, não os convertendo por detalhes nos frames do VAR.

Veio o tempo final e as alterações no Corinthians com a entrada de Adson, Giuliano e Vidal empurraram o time para o empate com um gol de oportunismo de Giuliano, aos 36 min.

Faltou pouco para a virada, assim como faltou pouco também para a conquista da quarta Copa do Brasil do Corinthians, após Filipe Luís desperdiçar a primeira cobrança do Flamengo.

Mas os ex-vascaínos Fagner e Mateus Vital desperdiçaram suas cobranças, chutando, respectivamente, no travessão e para fora, deixando para Rodinei o gol do título rubro-negro.

Festa no Maracanã, delírio pelas ruas do Rio de Janeiro, R$ 71,1 milhões no caixa (R$ 60 milhões da premiação e R$ 11.1 milhões da renda) e a deliciosa satisfação estampada nas faces vermelhas e pretas.

O Flamengo está, de novo, no lugar mais alto do pódio da Copa do Brasil… parabéns!

OS ADVERSÁRIOS NAS QUATRO COPAS:
1990: Capelense, Taguatinga, Bahia, Náutico e Goiás
2006: ASA, ABC, Guarani, Atlético-MG, Ipatinga e Vasco
2013: Remo, Campinense, ASA, Cruzeiro, Botafogo, Goiás e Athlético-PR
2022: Altos-PI, Atlético-MG, Athlético-PR, São Paulo e Corinthians