Início Notícias Obina puxa lista e xodós que decidiram as três Copas do Brasil...

Obina puxa lista e xodós que decidiram as três Copas do Brasil pelo Flamengo 'voltam no tempo'

Heróis improváveis nas três campanhas vitoriosas recuperam lembranças dos títulos

O Flamengo entra em campo logo mais nesta quarta-feira (19), pela final da Copa do Brasil de 2022. Porém, se existe a possibilidade do Rubro-Negro ser Tetra diante do Corinthians, se deve a outros três elencos que marcaram época na Gávea. Jogadores que ajudaram a conquistar os troféus de 1990, 2006 e 2013 relataram ao Globo Esporte momentos decisivos de cada conquista.

 



Em 1990, ano da primeira Copa do Brasil conquistada pelo Flamengo, nomes como Djalminha, Júnior, Renato Gaúcho e Marcelinho Carioca brilhavam na equipe. Porém, foi da cabeça do zagueiro Fernando que saiu o gol da conquista. O jogador afirma que: “ser campeão pelo Flamengo é indescritível, não dá para mensurar a grandeza, digo isso porque passados 32 anos eu sou muito respeitado pela torcida do Flamengo.

Já em 2006, quem balançou as redes contra o Vasco na final foi Obina. Que ele é melhor que Eto’o, a torcida não se esquece. Porém, vale destacar que, na época, o ataque do Rubro-Negro tinha Luizão, jogador Penta com a Seleção em 2002. Obina afirma que: “foi um tempo muito feliz na minha vida, passei por todos os processos, e fico muito feliz de ver o Flamengo em alta”.

Agif/Heuler Andrey – Amaral acertou um belo chute em 2013

Já na última Copa do Brasil conquistada pelo Mengão, quem ganhou rápido e inesperado protagonismo foi o volante Amaral. O jogador, que havia sido contratado do Nova Iguaçu, marcou um golaço no jogo de ida da final contra o Athletico-PR. Com humilde, o jogador fala que: “Eu não me considero herói, não vou tirar o meu mérito, claro, porque eu acertei um belo chute, e eu sempre treinei muito isso, desde as categorias de base, sempre tive um bom chute”.



Fonte: Bolavip