Início Notícias Gabigol busca seu décimo título pelo Flamengo

Gabigol busca seu décimo título pelo Flamengo

Gabigol abraçado com troféu de campeão Brasileiro 2020 – Foto: Alexandre Vidal

LANCE: O Flamengo tem um dos desafios mais importantes da temporada neste meio de semana, quando enfrenta o Corinthians pela final da Copa do Brasil. Dorival Júnior deve mandar o “time das Copas” a campo, e Gabigol tem tudo para ser titular. O atacante aposta em números impressionantes para ser decisivo em nova finalíssima pelo clube.

Desde que chegou ao Rubro-Negro, em 2019, Gabriel já disputou 11 finais e marcou 11 gols. A média de um por decisão é destaque, mas fica ainda melhor para o atacante ao analisar o desempenho em todos os duelos. Nesse recorte, o camisa 9 só não balançou as redes no Mundial de Clubes e nos Cariocas de 2019 e 2020.

Gabi também possui alta média de gols em momentos que o Flamengo está sob a mais alta pressão nas decisões. Todos lembram dos dois gols na final da Libertadores de 2019, mas tendem a se esquecer da performance no Maracanã diante do Independiente Del Valle, em que teve bola na rede e assistência.

No entanto, o fato que ilustra perfeitamente o tamanho de Gabriel Barbosa para o Flamengo é seu desempenho na Copa Libertadores. Ao lado de Zico, o centroavante rubro-negro é o único jogador a marcar pelo clube na decisão mais importante da América. São quatro tentos para o Galinho e três para Gabigol.

RELEMBRE AS FINAIS E OS GOLS MARCADOS POR GABI PELO FLAMENGO
Carioca 2019: Sem gols
Libertadores 2019: Dois gols
Mundial 2019: Sem gols
Supercopa 2020: Gol
Recopa 2020: Gol
Carioca 2020: Sem gols
Carioca 2021: Três gols
Supercopa 2021: Gol
Libertadores 2021: Gol
Carioca 2022: Gol
Supercopa 2022: Gol

Agora, Gabi tenta manter, ou até aumentar a média de um gol por partida em finais pelo Flamengo. Para isso, precisará superar uma defesa que suportou bem a pressão rubro-negra na primeira partida. No Maracanã, no entanto, os times não costumam ter tamanha competência.

O camisa 9 também tem um incentivo a mais diante do Corinthians, já que tem excelente aproveitamento contra dos paulistas. Por Santos e Flamengo, o atacante venceu 11 dos 17 jogos disputados e marcou sete gols, sendo dois em jogos eliminatórios. Um deles na Libertadores deste ano, na Neo Química Arena.

Além dos fatores diretamente responsáveis pelo resultado, Gabigol também possui enorme influência no comportamento da torcida. O atacante já criou um clima antes do jogo contra o Atlético-MG, nas oitavas de final, que ficou conhecido como o “inferno” no Maracanã. A relação simbiótica faz a diferença em duelos decididos no detalhe.

+ Vidente faz previsão sobre a final da Copa do Brasil entre Flamengo e Corinthians e crava campeão

Como mencionado, Gabriel será o titular ao lado de Pedro no ataque, nesta quarta-feira. Flamengo e Corinthians se enfrentam a partir das 21h45 (de Brasília), no Maracanã e, pelo resultado do primeiro jogo, quem vencer fica com o título da Copa do Brasil.