Início Notícias Flamengo não tomou gol em 56% dos jogos em casa no Br

Flamengo não tomou gol em 56% dos jogos em casa no Br

Ayrton Lucas em Flamengo x Atlético-MG – Foto: Marcelo Cortes

COLUNA DO FLA: Por Fernando Curty

No último sábado (15), Flamengo e Atlético-MG se enfrentaram em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. Com gol de Everton Cebolinha, o Mengo venceu o clube mineiro por 1 a 0 e conquistou mais três pontos na classificação. Um dos destaques do Mais Querido foi o sistema defensivo, que demonstrou segurança. A prova disso é que o setor não foi vazado e aumentou uma estatística valiosa na competição.

Com a vitória por 1 a 0 diante do Atlético-MG, o Flamengo chegou a nove jogos sem sofrer gols como mandante no Campeonato Brasileiro de 2022. Ao todo, o Mengo disputou 16 partidas em casa na competição e em 56,25% a defesa não foi vazada, ou seja, em mais da metade dos duelos. Inclusive, em apenas duas oportunidades os adversários marcaram mais de um tento: nas derrotas para Fluminense e Fortaleza, ambas por 2 a 1.

Vale destacar que o Flamengo disputa a maioria das partidas do Brasileirão com o “time B”. Isso porque, o técnico Dorival Júnior tem preservado os principais jogadores do elenco rubro-negro para os jogos dos campeonatos eliminatórios, como a Copa do Brasil e a Libertadores da América. Por sinal, a estratégia tem dado certo, já que o Mengo é finalista das duas competições.

No Campeonato Brasileiro o cenário é diferente, já que o Flamengo está a 13 pontos de distância do líder Palmeiras. Apesar de ter emplacado uma sequência de dez jogos de invencibilidade, o Mengo não conseguiu aproveitar as oportunidades de diminuir a pontuação para o primeiro colocado. No confronto direto contra o clube paulista, o Mais Querido empatou em 1 a 1. Com isso, o Fla perdeu a chance de conquistar o enea.

Agora, o foco do Flamengo está para as finais eliminatórias, começando pela Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira (19), o Mengo recebe o Corinthians, no Maracanã, pelo segundo e decisivo confronto da finalíssima da competição. O duelo está marcado para as 21h45 (horário de Brasília) e terá transmissão da Rede Globo, em TV aberta.