Início Notícias Dorival deposita confiança nos reservas para final

Dorival deposita confiança nos reservas para final

Matheus França em Flamengo x Atlético-MG – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA DO FLA: O Flamengo ganhou do Atlético-MG por 1 a 0, no último sábado (15), pelo Campeonato Brasileiro. Nesta partida, Dorival Júnior escalou a equipe repleta de reservas, com a maioria dos titulares não sendo sequer relacionados para o confronto – apenas Santos e João Gomes foram para o jogo. O técnico gostou do desempenho dos suplentes, vendo-os preparados para entrarem em campo na decisão da Copa do Brasil, contra o Corinthians, se assim for preciso.

— Fico feliz com a forma que a atuamos. Jogo que mostra que o elenco é qualificado e forte. Enfrentando problemas, mas superando a tudo e fazendo uma partida de muita qualidade. Esses jogadores têm participado diretamente da maioria dos jogos, e sempre jogando bem, em alto nível -, disse, antes de prosseguir:

— O Fabrício foi muito bem, João Gomes, Victor Hugo, o Matheuzinho em uma função que nunca tinha atuado, o Everton Cebolinha da mesma forma, além dos demais que contribuíram muito para o encaixe que tivemos. Esses jogadores estão preparados caso seja necessário utilizá-los na quarta-feira -, concluiu Dorival Júnior.

Devido à final da Copa do Brasil, os titulares foram preservados por Dorival Júnior. João Gomes está suspenso da decisão do torneio eliminatório. Por isso, o volante foi relacionado. Santos, por sua vez, não costuma ser poupado pelo comandante rubro-negro. Ambos, inclusive, atuaram os 90 minutos diante do Atlético-MG.

A segunda partida da final da Copa do Brasil, contra o Corinthians, acontece na quarta-feira (19). O confronto terá início às 21h45 (horário de Brasília), no Maracanã. Como foi 0 a 0 o primeiro jogo da decisão, basta uma vitória simples para o Flamengo garantir o tetracampeonato da competição eliminatória.

Apesar de os reservas estarem ‘prontos‘ para a final – segundo Dorival -, o técnico utilizará a seguinte equipe do Flamengo no confronto decisivo com o Corinthians: Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia, Vidal e Everton Ribeiro; Arrascaeta, Gabigol e Pedro.