Início Notícias Dirigente do Corinthians não deixa baixo e rebate declarações de Marcos Braz antes...

Dirigente do Corinthians não deixa baixo e rebate declarações de Marcos Braz antes da final da Copa do Brasil


O dirigente  Flamengo mandou um papo reto para o Timão, esquentando ainda mais os bastidores da grande decisão que ocorrerá na próxima quarta-feira (19). Com isso, o dirigente do Timão não deixou baixou e também respondeu 

 

O segundo jogo da final da Copa do Brasil entre Corinthians x Flamengo promete pegar fogo no Maracanã. Antes mesmo da partida, já tem bastante movimentações nos bastidores entre as diretorias. Na última quarta-feira (12), as equipes se enfrentaram e permaneceram no empate sem gols na Neo Química Arena, o próximo jogo terá o Maracanã como palco principal. A partida será também na quarta-feira (19), às 21h45.  Após o jogo entre Flamengo e Atlético Mineiro, neste sábado (15), os cariocas levaram a melhor e acabaram vencendo os mineiros por 1 a 0, com gol de Everton Cebolinha. 

O Corinthians que iria entrar em campo no sábado (15), teve o seu jogo adiado por conta de uma decisão do STJD, em vista que o Goiás não queria a torcida do Timão na Serrinha: “O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz detonou essa tomada de decisão e colocou mais lenha na fogueira para a decisão da próxima quarta-feira (19): “Eu não vou ser pontual pela situação, eu vou falar como um todo. Eu acho ruim. É ruim para o futebol brasileiro. Nem na várzea. Na várzea, com quatro horas, cinco horas antes, você sabe se vai ter jogo ou não. Hoje, uma liga tão importante como a nossa não teve o jogo de uma hora para a outra. Isso é muito ruim.”



 

Braz ainda chamou a decisão do STJD juntamente  com o Corinthians de várzea, afirmando que só no Brasil que isso ocorre de fato:  “Mas ordem do STJD, você só tem que cumprir. Nem na várzea, qualquer campeonato aí, você com 4 horas antes sabe se vai ter ou não, se está tendo problema ou não no local, se está chovendo ou não, enfim, deixara para lá.”

 



 

 

 

Após a declaração de Marcos Braz, neste domingo (16), Herói João Paulo Vicente, diretor de negócios jurídicos do Corinthians usou o Twitter para tentar a declaração do VP flamenguista: “Na várzea, braço é braço (exceto se o Flamengo ali jogar)”; o Tweet fez alusão ao lance polêmico da primeira partida da final da Copa do Brasil na Neo Química Arena.No final do segundo tempo, os jogadores do Corinthians pediram pênalti em toque de mão de Léo Pereira na área. Porém, o VAR entendeu que a bola toca na barriga do zagueiro antes do braço, e Bráulio da Silva Machado prosseguiu com o confronto.

Fonte: Bolavip