Início Notícias Juan minimiza sal grosso de Vampeta: “Eu acredito no trabalho”

Juan minimiza sal grosso de Vampeta: “Eu acredito no trabalho”

Foto: Reprodução

TORCEDORES: Por Bruno Romão

Convidado pela CBF, Vampeta, ao lado de Juan, ignorou o protocolo de apresentação envolvendo a decisão da Copa do Brasil. Colocando um terço na taça, o comentarista também jogou sal grosso e água benta no troféu, atitude que gerou uma repercussão gigantesca nas redes sociais. Como acompanhou o momento de perto, o ex-jogador do Flamengo relatou que também foi surpreendido com a postura.

Em entrevista à “FraTV”, canal inspirado no perfil oficial do Flamengo, Juan acredita que apenas a superstição de Vampeta não será suficiente para o Corinthians faturar o título. Em sua visão, é necessário se apoiar no trabalho para que uma eventual sorte contribua com o objetivo.

“Não (sabia), pegou todo mundo de surpresa, mas Vampeta é essa figura icônica aí. Ele não falou que iria fazer não, foi surpresa para mim também”, disse Juan.

“Na hora, eu percebi que era um terço, mas ali a água parecia que era um álcool em gel, não sei, não deu para entender direito e ficou lá. (Sobre superstição): Eu não acredito, acredito na fé aliada ao trabalho. Só fé sem o trabalho do dia a dia, sem a dedicação não é diferencial. Deus é justo com todos. Ele falaria para ter esse trabalho diário para o atleta crescer e ser vitorioso”, completou.

Durante transmissão da Jovem Pan, Vampeta apontou o desejo de querer ajudar o Corinthians. Em campo, mediante o empate por 0 a 0, a decisão da Copa do Brasil se encontra indefinida, já que nenhum dos clubes possui vantagem para o confronto da próxima quarta (19), às 21h45, no Maracanã.

“Levei um sal grosso e água benta para abençoar. Deixei um terço de Nossa Senhora Aparecida… que Deus abençoe. Quem é por nós não é contra nós”, justificou.