Início Notícias Pressão? Árbitro demorou 43s para dar cartão a João Gomes

Pressão? Árbitro demorou 43s para dar cartão a João Gomes

João Gomes, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA DO FLA: O Flamengo ficou no empate de 0 a 0 com o Corinthians, nessa quarta-feira (12), na Neo Química Arena. Apesar da igualdade no placar, o Rubro-Negro lamentou o cartão amarelo sofrido por João Gomes, que estava pendurado e, agora, fica fora do segundo confronto da final da Copa do Brasil. Curiosamente, algo chamou a atenção na punição ao volante do Fla: o árbitro Bráulio da Silva Machado aparentou ‘ter caído na pressão‘ dos jogadores corintianos.

Isso porque, João Gomes faz falta em Fagner e, a partir daí, o árbitro é cercado por atletas do Corinthians, que sabiam que o jogador rubro-negro estava pendurado. Renato Augusto é o que mais reclama e “persegue” Bráulio da Silva Machado pelo campo. O juiz, inclusive, chega a apitar o reinicio da partida, porém, depois de muita pressão, volta atrás e decide amarelar o volante do Flamengo. VEJA O VÍDEO:

Após o jogo, João Gomes não escondeu a insatisfação com Bráulio da Silva Machado: “Horrível, sem critério, tendencioso e fraco. Só deu cartão porque caiu na pressão, isso mostra que não está preparado para apitar uma final desse tipo. Impressionante a incompetência e a irresponsabilidade de tirar um jogador da final”, esbravejou o atleta por meio da rede social do Twitter.

Sem João Gomes, suspenso, o Flamengo volta a enfrentar o Corinthians na próxima quarta-feira (19). Este confronto é válido pela segunda e decisiva partida da final da Copa do Brasil. A bola rola às 21h45 (horário de Brasília), no Maracanã. Um novo empate leva a disputa para os pênaltis, enquanto que o vencedor garantirá o título do torneio.