Início Notícias “Foi uma…”; Renato Augusto ‘quebra o silêncio’ e entrega detalhe pelo qual...

“Foi uma…”; Renato Augusto ‘quebra o silêncio’ e entrega detalhe pelo qual não trocou o Corinthians pelo Flamengo em 2013

Jogador é um dos ídolos do Corinthians e nesta quarta-feira (12), tentará encaminhar seu 2º título nacional com o Corinthians
 

Corinthians e Flamengo começam a decidir nesta quarta-feira (12), na Neo Química Arena, quem será o mais novo campeão da Copa do Brasil. Essa é a chance do Timão voltar a ser protagonista no cenário brasileiro já que o último título do Alvinegro em âmbito nacional aconteceu em 2017, quando o Coringão se consagrou heptacampeão do Brasileirão. Para levantar o caneco e de quebra receber uma bolada da CBF pelo prêmio do torneio mais democrático do país, o Alvinegro conta muito com a inspiração de Renato Augusto. 

O camisa 8 é o craque do time e ídolo do time do Corinthians. Mas, no passado, se dependesse do próprio jogador, o meio-campista estaria defendendo o Flamengo. Em entrevista à ESPN Brasil, o veterano explicou que teve muitas chances de retornar ao Rubro-Negro, clube que o revelou, mas o time carioca vetou em todas às vezes sua contratação. 

 



 

“Quando eu vim para o Corinthians pela primeira vez em 2013, na época teve uma troca de presidência, não lembro direito, acabou não acontecendo e apareceu o Corinthians. Então eu optei pelo Corinthians. Em 2014 começou um assunto de que eu poderia sair emprestado para o Botafogo e eu falei: ‘Não. Se for para sair emprestado, eu prefiro ir para o Flamengo’. Eu bati no Flamengo e eles não quiseram. Foi uma opção deles”, disse o camisa 8.

 

Renato Augusto quase trocou o Corinthians pelo Flamengo em 2013. Foto: Marcello Zambrana/AGIF

 

 

 

O meio-campista deixou o Timão em 2016 para continuar sua carreira na China. O medalhão só voltou ao Brasil em 2021 quando ficou livre no mercado. E pela terceira vez consecutiva, o rubro-negro não se interessou pelo veterano, que dessa vez já estava identificado com o Alvinegro. Duílio, que assumiu a presidência naquele ano, foi atrás do jogador e mais uma vez o convenceu a retornar ao Parque São Jorge. 

 



“Dessa última vez agora eu estava livre, o Flamengo não demonstrou interesse e o Corinthians demonstrou. Eu conversei com o Duilio e automaticamente já estava apalavrado com o Corinthians”, contou o jogador, que é uma das esperanças de Vitor Pereira e toda a Fiel Torcida para a grande final da Copa do Brasil diante do Flamengo.

Fonte: Bolavip