Início Notícias Perto de deixar o Flamengo, Yuri de Oliveira lamenta poucas oportunidades no...

Perto de deixar o Flamengo, Yuri de Oliveira lamenta poucas oportunidades no profissional: ‘Tenho que respeitar’

Yuri recusa proposta
Foto: Paula Reis / Flamengo

No Flamengo desde 2013, a promessa da base Yuri de Oliveira jamais recebeu sequência na equipe profissional do clube. O garoto, que já dividiu vestiário com João Gomes, Lázaro e Rodrigo Muniz, tem contrato apenas até o final do ano e deve deixar o Mengão.

Yuri estreou no profissional no fatídico jogo contra o Palmeiras do surto de covid no elenco do Fla. O jogador teve boa atuação e chamou atenção, assim como outros jovens também chamaram naquele dia. Em entrevista à ‘ESPN’, o garoto falou sobre a passagem no clube.

“Foram quase nove anos. Jogar no Flamengo foi um sonho realizado. Se tivesse que escolher dois momentos mais especiais, escolheria o gol contra o Palmeiras na Supercopa sub-20 em 2019, em um ano vitorioso, onde a gente também foi campeão brasileiro. Fiz um gol bem bonito contra o Palmeiras, um dos mais bonitos da minha carreira”, disse, antes de emendar sobre estreia no profissional:

“Fui campeão brasileiro profissional, em 2020. Fiz minha estreia também contra o Palmeiras, no Allianz Parque, num jogo que surpreendeu muita gente por causa do surto de COVID, a gente entrou só com os mais jovens e fizemos um jogo pau a pau com o Palmeiras. Esses momentos me marcaram muito. Não cito momentos negativos, se tornam aprendizado. Tenho muito a falar bem da comissão do Dome. Além de me dar oportunidades, foram muito profissionais, corretos, gostei da filosofia deles. Me identifiquei bastante”, complementou.

Confira outros trechos da entrevista de Yuri:

Gratidão ao Flamengo e falta de oportunidades

“Tenho muita gratidão pelo Flamengo. Se não me deram chances, tudo bem. Tenho que respeitar. O tempo vai dizer. Estamos estudando possibilidades. Fora e aqui no Brasil. Vamos ver o que vai ser melhor. Tenho o sonho de jogar na Europa, o maior centro de futebol hoje”

Futuro no clube

Alguns ciclos se fecham. A gente tem que entender. Meu contrato se encerra no final do ano. Eu ainda sou novo, minha carreira está começando. Estou prestes a ficar livre no mercado. Já com olhar no próximo desafio. Não vou renovar. Estudando algumas possibilidades. Estou pronto para seguir minha carreira”

Conselho de Zico

“Zico é espetacular. Dispensa comentários, foi o maior camisa 10 da história do Flamengo, sempre fui fã. Conheci como pessoa, é espetacular. Ele me chamou para um treino de falta com ele. Foi muito aprendizado. Era um vídeo para o canal dele, ele estava procurando um jogador que batia faltas no Flamengo, chegou a mim. Eu também tinha feito um gol de falta recentemente que repercutiu bastante. Ele foi muito atencioso, mostrou como batia faltas, onde ele olhava, a quantidade de passos que dava. Foi muito especial para mim”, finalizou Yuri.

Fonte: Diário do Fla