Início Notícias Torcedor do Flamengo cria a ‘Autistas Rubro-Negros’

Torcedor do Flamengo cria a ‘Autistas Rubro-Negros’

Marcos-e Felipe-Flamengo
Marcos Felipe e seu filho Felipe, que é portador de autismo (Foto: Reprodução)

O futebol é um esporte que está nos corações de milhares de pessoas, com um misto de paixão e emoções, não é à toa que é a modalidade mais praticada no mundo e renova seus fãs por várias gerações.

O fato de ser um esporte de inclusão, é cada vez mais normal vermos ações de clubes e organizações com ‘pessoas especiais’ nos estádios. E todos os torcedores tem direito de fala sobre a alegria que o futebol proporciona.

Apaixonado pelo Flamengo e seus filhos, o torcedor Marcos Felipe Leal, de 47 anos teve uma ótima ideia para fazer a inclusão de ainda mais ‘pessoas especiais’ com o futebol. O rubro-negro tem dois filhos que são Gabriela, de 15 anos e Felipe, de 13 anos e que é autista.

Querendo demonstrar ainda mais o amor pelo seu filho, Marcos decidiu então criar uma torcida voltada para pessoas com autismo, para que possam ir para o jogo e assim nasceu a organizada “Autistas Rubro-Negros”.

Em entrevista ao ‘GE.com’, o representante de vendas falou que a inspiração veio do rival da decisão da Copa do Brasil. Marcos viu que o Corinthians tem uma torcida para autistas que conta com o apoio do goleiro Cássio, e contou como iniciou a ideia.

“A ideia surgiu na segunda-feira. A inspiração veio da torcida Autistas Alvinegros, do Corinthians. E também pela história do Cássio, que tem uma filha autista (Maria Luiza). Meu filho, que também é autista, é a inspiração de tudo. Você já tem a coisa na mente, mas às vezes precisa de um estalo. E o estalo veio na segunda-feira”, contou Marcos Felipe.

O torcedor criou os perfis da torcida nas redes sociais e rapidamente surgiram curtidas e seguidores, apoiando a iniciativa. Alguns torcedores que tem filhos ou familiares portadores do autismo responderam as postagens com fotos.


Fonte: Diário do Fla