Início Notícias “Pode esquecer”; Fla não aceita pagar R$ 750 mil e deixa Leila...

“Pode esquecer”; Fla não aceita pagar R$ 750 mil e deixa Leila Pereira 'na boa' no Palmeiras para fechar contratação de atacante da Europa


Atacante também desperta interesse do Atlético-MG no Brasil 

O Flamengo volta a campo na noite desta quarta-feira (5), onde enfrentará o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro. Será um grande teste para o time de Dorival Júnior, que vem se preparando visando as finais de Copa do Brasil e Copa Libertadores da América. O comandante flamenguista vai com força máxima para esse grande confronto diante dos gaúchos.

Nos bastidores, os dirigentes flamenguistas já querem resolver algumas situações. A primeira delas já está encaminhada com as renovações de Filipe Luís e David Luiz por mais um ano. Ribas e Diego Alves estão de saída. Reforços pontuais também vão chegar para 2023 e algumas prioridades foram definidas.

Um goleiro se encabeça a lista e Rossi, do Boca Juniors, interessa. Um meio-campista que jogue mais centralizado também e nomes são estudados. Para o ataque, quem está descartado é o atacante Paulinho, do Bayer Leverkusen. Muito se falou que o Mengão poderia entrar na “briga” com o Palmeiras e Atlético pelo jovem de 22 anos, mas o Rubro-Negro descarta essa chance.



 

O atleta é considerado “caro”, já que recebe acima de R$ 750 mil por mês e um leilão será formado assim que ele se desvincular do clube alemão, ou seja, quem pagar mais, leva. O Flamengo, mesmo sabendo que o rival Palmeiras está buscando sua contratação, não vai entrar nessa disputa por entender que hoje o atleta não é essencial. Assim, a torcida do Fla pode esquecer essa alternativa e a presidente Leila Pereira, do clube paulista, tem caminho aberto para fechar o negócio com o brasileiro. Vale lembrar que o Galo também está querendo ter  no seu elenco o jovem ex-Vasco.

Michael, que está infeliz no Al Hilal, pode voltar caso o brasileiro consiga convencer os árabes a emprestá-lo. O velocista, apesar de ser querido por lá, não gostou da mudança drástica de cultura e fará de tudo para jogar novamente no futebol brasileiro em 2023. Se o negócio andar, certamente o Flamengo buscará repatriá-lo.

Fonte: Bolavip