Início Notícias Cinco técnicos portugueses que estão livres no mercado

Cinco técnicos portugueses que estão livres no mercado

Técnico Pedro Martins, do Olympiacos – Foto: Divulgação

UOL: Bruno Andrade

Referência na escola de treinadores, Portugal tem nesta altura pelo menos cinco nomes de destaque livres no mercado da bola. O mais recente deles é Carlos Carvalhal, que nos últimos meses esteve na mira de Atlético-MG e Flamengo.

Carvalhal deixou na última segunda-feira (3) o comando do Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, depois de apenas quatro jogos. Problemas nos bastidores pesaram na saída do profissional que antes havia feito um bom trabalho no Braga.

Bruno Lage, campeão nacional com o Benfica em 2018/19, também entrou na fila do desemprego nesta semana. Foi demitido do Wolverhampton, onde havia chegado na temporada passada. Somou apenas uma vitória na atual edição da Premier League.

Em agosto, na reta final da janela de transferências na Europa, Pedro Martins acabou dispensado do Olympiacos. Nem mesmo o currículo vitorioso no futebol grego, com quatro títulos nacionais (três Ligas e uma Copa), foi suficiente para dar continuidade ao projeto de cinco anos.

Outro nome interessante – e pouco badalado – à disposição é Ricardo Soares. Fez um ótimo serviço no modesto Gil Vicente em 2020/21, sendo na sequência contratado pelo Al Ahly, do Egito. A experiência no futebol africano, no entanto, durou apenas 17 jogos.

Há ainda André Villas-Boas, o mais famoso de todos, com passagens por Porto, Chelsea e Tottenham. Está sem clube desde o primeiro semestre de 2021, quando saiu do Olympique de Marselha. Já esteve associado ao São Paulo em pelo menos duas oportunidades.

Mais opções portuguesas
Pedro Caixinha, que deixou o Talleres em setembro e tem história no México (Cruz Azul e Santos Laguna), está livre neste momento. Menos conhecidos do público brasileiro, Daniel Ramos, ex-Boavista, Santa Clara e Marítimo, e Miguel Cardoso, ex-Rio Ave, Nantes, Celta de Vigo e AEK, também são outros portugueses em busca de novos desafios – ambos já foram sugerido ao Santos nos últimos dias.