Início Notícias "A verdade foi exposta na França"; PSG 'manda a real' após informação...

"A verdade foi exposta na França"; PSG 'manda a real' após informação sobre SAF no Flamengo ser trazida por Nicola

Notícia dada na última terça-feira (5) movimentou as redes sociais e gerou uma resposta vinda da equipe de Paris

Na última terça-feira (5), o torcedor do Flamengo acordou com uma notícia “bombástica”, que repercutiu bastante: “O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, pensou em comprar o Flamengo e essa notícia se deu antes dele abrir negociações com o Atlético-MG. Só pra você entender o contexto, o Khelaïfi procurou o Flamengo buscando entender a possibilidade de comprar a SAF do Flamengo, revelou Jorge Nicola, em seu canal no YouTube.

 



 

O número de 40 milhões de torcedores e de R$ 1 bilhão de faturamento por temporada despertaram interesse do bilionário. Segundo o Flazoeiro, a resposta do Flamengo foi que não há nenhum interesse em se tornar SAF. O clube agradeceu o contato, mas recusou a investida do empresário bilionário”, acrescentou o jornalista, causando muitos comentários dos flamenguistas.

 

 

No entanto, segundo publicou o site O Dia, a verdade foi exposta na França nesta quarta-feira (6): O PSG negou que o clube francês ou seu presidente Nasser Al-Khelaifi tenham qualquer interesse de realizar algum investimento no Flamengo ou mesmo de adquirir ações de uma possível SAF envolvendo o futebol do clube carioca, escreveu o portal, que ainda completou:

 

(Photo by Thierry Chesnot/Getty Images) - Contato do presidente foi desmentido pelo PSG.
(Photo by Thierry Chesnot/Getty Images) – Contato do presidente foi desmentido pelo PSG.

 

O posicionamento da equipe de Paris se deu após a informação divulgada pelo jornalista Jorge Nicola de que o presidente do PSG teria buscado informações sobre o Flamengo. Além da falta de interesse do PSG, o Rubro-Negro também não tem planejamento de se tornar SAF”. Importante lembrar que o Mais Querido em nenhum momento teria demonstrado qualquer interesse, mas a vontade dos franceses também foi desmentida.

 



 

Fonte: Bolavip