Início Notícias Libertadores: Guayaquil entra em estado de emergência, mas Conmebol destaca mudança

Libertadores: Guayaquil entra em estado de emergência, mas Conmebol destaca mudança

estádio-barcelona-guayaqui
Estádio Monumental de Guayaquil, palco da final da Libertadores 2022 (Foto: Reprodução)

A cada dia que passa, Flamengo e Athletico-PR estão mais perto de decidir a final da Libertadores, marcada para o dia 29 de outubro, em Guayaquil, no Equador. Contudo, o atual cenário caótico da cidade trás preocupação para os torcedores que já se programam para comparecer a finalíssima. Apesar do caos na cidade equatoriana, a Conmebol não pretende mudar a sede da decisão e inclusive já começou a vender ingressos para a final.

 

Falta apenas um mês para a grande partida, e a cidade palco da decisão vive grande onda de violência que levou o Governo do Equador a decretar um estado de exceção até, pelo menos, o dia 14 de outubro. O cenário caótico tem origem em ações do narcotráfico, com assassinatos, guerras de gangues, atentados com explosivos e assaltos. Segundo as autoridades, cerca de 861 pessoas assassinadas entre o início do ano até agosto de 2022 e Guayaquil concentra 32,5% dos homicídios do país.

 

Por fim, mesmo com o atual cenário da cidade equatoriana, a Conmebol bate o pé e afirma que o local da final permanecerá. Vale lembrar que toda a logística, de voos, hotéis e local para treinamento para Flamengo e Athletico-PR já está montado. Além disso, os ingressos para a decisão já começaram a ser comercializados.

 

Fonte: Diário do Fla