Início Notícias “Ele está no Flamengo ainda? Pois é, desculpa”; Renato Gaúcho fica enlouquecido,...

“Ele está no Flamengo ainda? Pois é, desculpa”; Renato Gaúcho fica enlouquecido, ironiza Campeão Brasileiro pelo CRF e clima esquenta ao vivo

Treinador, atualmente no Grêmio, ‘chutou o balde’

Renato Gaúcho tem história no Flamengo, mas muito na época de jogador, onde foi Campeão Brasileiro jogando muita bola. Como treinador, ele não foi tão bem. Para falar a verdade, o técnico não deixou nenhuma saudade na mente do torcedor Rubro-Negro. Pior, causa aflição e decepção por ter sido vice-campeão Brasileiro da Copa Libertadores da América e também do Brasileirão.

Em entrevista coletiva divulgada nesta terça-feira (27), Renato Gaúcho “chutou o balde” e rebateu o goleiro multicampeão pelo Mengão, César. O arqueiro, que saiu recentemente do Mais Querido, ganhou praticamente todos os títulos desde que subiu ao profissional e é muito respeitado por todos dentro do CRF.



 

Tudo começou quando um repórter gaúcho questionou Renato sobre as críticas que ele recebe em relação às folgas dadas aos jogadores, alguns treinos que ele nem sequer aparece, folgas e pouca intensidade nos treinamentos táticos. Isso, aliás, foi um grande questionamento na época em que ele estava no Flamengo. Muitos colocam na sua conta o time ter chegado bem abaixo da expectativa para a decisão contra o Palmeiras. Na reposta, Portaluppi ironizou César.

Foto: Alexandre Vidal
Foto: Alexandre Vidal

A pergunta que eu faço para você é o seguinte: ‘Você tem folga de vez em quando? É do ser humano. No Flamengo impossível alguém ter falado porque no Flamengo a gente não conseguia nem respirar. Nós estávamos em três competições. Como que poderia ter folga? Não sei de onde você está tirando essas notícias (…)”, foi aí que o repórter citou sobre a declaração do goleiro César e Renato ‘pistolou’.

“Ah, foi o goleiro César? Eu sei porque ele falou. Ele está no Flamengo ainda? Pois é, desculpa”, rebatou.

Relembre a declaração do e-arqueiro flamenguista: “(…) Todo treinador que chega aqui fala que nosso grupo era bom de trabalho. É natural que o jogador peça e sinta essa necessidade (de trabalhos mais detalhados). Eu acho que ele (Renato) tentou de todas as formas, tentou passar tudo que ele tinha. Não é simples trabalhar e treinar jogadores tão capacitados. Nosso grupo anseia muito por trabalhos táticos, e talvez tenha faltado”, afirmou durante o podcast do Barbacast.

Fonte: Bolavip